Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Arrecadação de impostos é a maior em 27 anos

0

A arrecadação em março de 2022 foi impulsionada pelos tributos que incidem sobre a renda e lucro. A Receita Federal divulgou dados na última quinta-feira, que mostram que o total arrecadado no terceiro mês do ano ficou em R$ 164,15 bilhões, com crescimento real (já descontada a inflação pelo IPCA) de 6,92% em relação ao mesmo período em 2021.

Dessa forma, a arrecadação fechou o primeiro trimestre de 2022 em R$ 548,13 bilhões, o que representa um crescimento de 11,08%.

É provável que você também goste:

Imposto de Renda: quem caiu na malha fina em anos anteriores já pode consultar restituição

Arrecadação do Fisco

 As receitas geridas pelo Fisco, de acordo com a Receita Federal, alcançaram R$ 158,65 bilhões, o que mostra um aumento real de 5,89%. Já no acumulado do primeiro trimestre, essa mesma arrecadação chegou em R$ 519,35 bilhões, um aumento real de 8,85%.

Segundo o órgão, “o melhor desempenho arrecadatório desde 2000, tanto para o mês de março quanto para o trimestre” foi possibilitado graças à arrecadação do Imposto de Renda das Pessoas Jurídicas e da Contribuição Social Sobre o Lucro Líquido, que totalizaram R$ 34,16 bilhões. Isso  representa um aumento real de 24,73%.

“Esse desempenho é explicado pelo acréscimo de 35,50% na arrecadação da estimativa mensal e de 27,43% na arrecadação da declaração de ajuste anual”, afirmou a Receita. 

A alta na arrecadação de imposto de renda por empresas no início do ano foi motivada, principalmente, por muitas delas terem efetuado ajustes, em relação à declaração anterior.

Também houve, no mesmo período, pagamentos não comuns de aproximadamente R$ 3 bilhões, por empresas vinculadas ao setor de commodities.

A arrecadação do Imposto de Renda retido na Fonte (IRPF) fechou março em R$ 16 bilhões, devido ao acréscimo real de 17,99%.

A Receita Federal explica que esse resultado acontece pelos acréscimos reais de 5,80% na arrecadação via “Rendimentos do Trabalho Assalariado”; de 98,61% na arrecadação obtida com participação nos lucros ou resultados; e de 29,80% na arrecadação na categoria “Aposentadoria do Regime Geral ou do Servidor Público”.

Receita Previdenciária 

A Receita Previdenciária teve um aumento real de 3,99%, tendo uma arrecadação de R$ 42,4 bilhões. 

“Esse resultado pode ser explicado pelo aumento da massa salarial por meio da criação de novos postos de trabalho e pelo aumento real de 27% na arrecadação do Simples Nacional em relação a março de 2021. Além disso, houve crescimento das compensações tributárias com débitos de receita previdenciária”, explicou a Receita.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal no YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, InstagramTwitch. Assim, você acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Krakenimages.com / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar