Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Aumento do Bolsa Família deve ocorrer após o fim do auxílio emergencial

Valores pagos atualmente não são suficientes para as necessidades básicas dos beneficiários.

0

De acordo com João Roma, Ministro da Cidadania do Brasil, em agosto o auxílio emergencial deve deixar de ser pago. Diante disso, ele afirmou que haverá um aumento do Bolsa Família. Com 14 milhões de beneficiários, o programa paga em média R$ 192 mensais atualmente, mas varia de família para família.

Esse valor não sofre reajuste há muitos anos. Portanto, o que a maioria recebe atualmente não garante a possibilidade de uma alimentação adequada. Sendo assim, o ministro informou que o governo pretende fazer um aumento no valor pago pelo programa, logo após o fim do auxílio emergencial, em meados de agosto.

É provável que você também goste:

Nascidos em julho já podem atualizar dados no Caixa Tem

Aumento da Selic pode turbinar a sua restituição do Imposto de Renda

Tutorial: Como regularizar o CPF para receber o Auxilio Emergencial 2021

Aumento do Bolsa Família deverá ocorrer após o fim do auxílio emergencial

Assim como o valor do Bolsa Família é insuficiente, os R$ 250 de auxílio emergencial em 2021 também não são na visão do ministro. Ele diz ter consciência de que esse valor não é capaz de possibilitar que as pessoas fiquem em casa para evitar a transmissão da COVID-19, mas foi o possível no momento.

Uma cesta básica para 4 pessoas, incluindo alimentos e higiene, custa em média R$ 900. O auxílio emergencial de 2021, portanto, supre apenas 28% do valor da cesta básica. Lembrando que R$ 250 é o teto do auxílio emergencial. Quem mora sozinho receberá R$ 150. Por outro lado, mães chefes de família receberão R$ 375 de auxílio.

Além do aumento do Bolsa Família, o ministro João Roma informou que o programa social deverá ser mais efetivo. Inclusive há a possibilidade de unir o Bolsa Família a políticas públicas.

Enfim, o que achou da matéria?

Gostou? Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTube, Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Foto/Reprodução: Jefferson Rudy / Agência Senado

Comentários
Carregando...