Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio aos nascidos em junho e NIS final 6

Saiba mais sobre os pagamentos que ocorrem hoje.

0

Nesta quinta-feira (24), a Caixa Econômica Federal paga a 3ª parcela do auxílio emergencial. Para o público geral, o depósito ocorre aos nascidos em junho. Já para o Bolsa Família, o pagamento é para quem tem NIS (Número de Identidade Social) terminado em 6.

Caixa paga hoje 3ª parcela do auxílio aos nascidos em junho e NIS final 6

De acordo com a Caixa, o valor da 3ª parcela do auxílio aos nascidos em junho e NIS final 6 é de R$ 250, com duas exceções: mulheres chefes de família, que recebem R$ 375, e pessoas que moram sozinhas, que recebem R$ 150. Além disso, ao público em geral, o dinheiro cai em uma conta poupança digital e só depois ele é liberado para saque.

O valor que a Caixa paga hoje pode ser movimentado pelos usuários nascidos em junho e NIS final 6, pelo app Caixa Tem (disponível para Android | iOS). Dessa forma, o beneficiário pode fazer compras no supermercado, padaria, farmácia, bem como em outros estabelecimentos usando QR Code ou o cartão de débito virtual. 

Também é possível pagar contas de água, luz, telefone, gás e boletos em geral por meio do aplicativo ou, ainda, nas casas lotéricas pela opção “Pagar na lotérica”.

Novo prazo de contestação do auxílio emergencial

O cancelamento do auxílio emergencial pode ocorrer em qualquer mês, por conta da análise que o Ministério da Cidadania e a Dataprev realizam a cada nova parcela. Dessa forma, se você teve a terceira parcela negada, há um novo prazo para contestar. Até o próximo dia 25 de junho, sexta-feira, é possível pedir uma nova análise do auxílio negado. Já quem teve o resultado divulgado em 16 de junho, tem até o dia 26 para recorrer

A avaliação mensal tem como objetivo impedir que pessoas que deixaram de fazer parte do grupo que tem direito ao valor recebam o auxílio indevidamente. Um exemplo dessas situações é quando a pessoa começa a trabalhar. Por fim, quem perder o novo prazo acima citado pode não conseguir receber o benefício em 2021. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Renato P Castilho / Shutterstock.com

Seja membro

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.