Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Banco Mundial estima que PIB do Brasil vai crescer 2% em 2024

Banco Mundial projeta crescimento de 2% no PIB do Brasil para 2024, destacando expectativas econômicas positivas para o país.

Recentemente, o Banco Mundial revisou suas expectativas econômicas para 2024, trazendo uma nova perspectiva tanto para o Brasil quanto para o panorama econômico mundial. Com um aumento sutil mas positivo nas projeções, o Brasil e o mundo parecem caminhar para uma recuperação mais robusta neste ano.

Inicialmente, o crescimento do Produto Interno Bruto (PIB) do Brasil estava estimado em 1,5%. Contudo, este valor foi revisado para 2%, refletindo uma visão mais otimista devido a diversos fatores econômicos internos e externos.

O que impulsionou a revisão das estimativas de crescimento do PIB brasileiro?

3 quadrados com letras que forma PIB juntos.
Imagem: Uuganbayar/ shutterstock.com

A saber, o Banco Mundial justifica a revisão das projeções com base em uma série de reformas estruturais e investimentos públicos e privados que começaram a surtir efeitos. Além disso, a estabilidade política recente e melhorias no cenário fiscal são vistas como fundamentais para fomentar essa perspectiva de crescimento.

Enquanto a economia brasileira mostra sinais de fortalecimento, as expectativas globais também foram ajustadas para melhor. O Banco Mundial aumentou a estimativa de crescimento global de 2,4% para 2,6% para este ano.

Este otimismo é impulsionado principalmente pelas economias emergentes, que mostram um dinamismo impressionante, a exemplo da China e da Índia, com crescimentos projetados de 4,8% e 6,6%, respectivamente.

Como o Brasil se posiciona no cenário econômico mundial em 2024?

Apesar do aumento nas projeções, o Brasil ainda se mantém abaixo da média global e particularmente atrás dos demais países emergentes. Isto sugere que, embora haja motivos para um cauteloso otimismo, ainda há um longo caminho a percorrer para alcançar um crescimento econômico mais comparável ao de outras economias em rápido crescimento.

A expectativa mantida para 2025, de um crescimento de 2% no Brasil, alinha-se com a necessidade de continuidade nas políticas econômicas atuais e possivelmente mais reformas que possam garantir a sustentabilidade deste crescimento no longo prazo. Por outro lado, o otimismo menos evidente para o futuro próximo sugere cautela e a necessidade de ajustes contínuos.

Veja também:

IPTU é suspenso em Porto Alegre para imóveis atingidos por enchentes; saiba mais

Desenvolvimento econômico anual dos países.

país/região2021202220232024*2025*
EUA5,81,92,02,51,8
Zona do Euro5,93,40,50,71,4
Jápão2,61,01,90,71,0
China8,43,05,24,84,1
Rússia5,9-1,23,62,91,4
Turquia11,45,54,53,03,6
Brasil4,83,02,92,02,2
México6,03,73,22,32,1
Argentina10,75,0-1,6-3,55,0
Índia9,77,08,26,66,7
África do Sul4,71,90,61,21,3
mundo6,33,02,62,62,7
países emergentes7,33,74,24,04,0
Fonte: Banco Mundial

Em resumo, as revisões nas estimativas de crescimento sinalizam uma adaptabilidade à evolução das condições globais e domésticas, refletindo uma esperança cautelosa de recuperação e progresso econômico tanto para o Brasil quanto para o cenário mundial. No entanto, ainda há desafios a serem superados para que essas expectativas otimistas se concretizem integralmente.

Imagem: rafastockbr/Shutterstock.com