Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bancos fecharam 1.700 agências e 5.000 caixas eletrônicos em 2020

Demissões aumentam, mesmo com o número crescente de clientes.

0

Os maiores bancos do Brasil fecharam no total 1.692 agências bancárias e postos de atendimento em 2020. Esta é a estimativa divulgada neste início de ano pelo Santander, Bradesco, Itaú Unibanco e Banco do Brasil. A Caixa, que integra a lista dos 5 maiores bancos no Brasil, no entanto, não divulgou seu balanço.

É provável que você também goste:

Saiba quais são os planos do Banco do Brasil e do Bradesco para a Cielo

Número das contas bancárias de clientes da Caixa Econômica foram alterados. Entenda a mudança

Aplicativo Santander: aprenda como usar

Com o fechamento desses postos e agências, houve uma queda de 8,8% de espaço ocupado por essas instituições. O número regrediu de 19.052 para 17.369 e confirma algo que já vinha ocorrendo, mas só se intensificou durante a pandemia: os bancos querem reduzir espaços físicos para compensá-los com serviços digitais.

Com a restrição de funcionamento e o lançamento de serviços como Pix, as empresas aproveitaram para fazer os clientes se acostumarem com o mundo digital.

Os bancos que divulgaram seus balanços retiraram um total de 4.954 caixas eletrônicos, sem considerar os caixas 24 horas. Esse número representa uma queda de 4,7% em relação aos 104,5 mil equipamentos que estavam em funcionamento em 2019. 

Também houve uma queda no número de funcionários em dezembro. Afinal, esses bancos tinham em dezembro de 2020 10.832 empregados a menos do que em 2019, uma queda de 3,2%. Por outro lado, os investimentos em canais digitais e novas tecnologias tiveram crescimento expressivo. 

Bradesco

O Bradesco bateu o recorde de bancos fechados: no total foram 1.083 agências desativadas, 7.754 funcionários foram demitidos e 3.206 caixas eletrônicos foram retirados.

No lado digital, houve um acréscimo de 23% dos usuários com acesso à conta pelo celular.

O Bradesco continuará seguindo essa tendência, pois a ideia é fechar mais 450 agências este ano. 

Itaú Unibanco 

O Itaú Unibanco teve 167 agências e Postos de Atendimento Bancário (PABs) fechados e chegou em dezembro com 4.337 unidades de atendimento. 733 caixas eletrônicos foram eliminados, mas o quadro de funcionários cresceu de 94,9 mil para 96,5 mil.

O banco espera manter o crescimento digital, algo que já representa 85% dos pagamentos feitos na instituição.

Santander

Já no Santander, 3.564 agências e PABs foram fechados e 347 caixas eletrônicos foram retirados. O banco terminou o ano com 44.599 funcionários. Por outro lado, o número de clientes digitais cresceu cerca de 16%.

Banco do Brasil

O BB teve 166 agências fechadas, 668 caixas foram desativados, 1.517 funcionários foram demitidos e 5.533 entraram no programa de desligamento voluntário

O número de clientes digitais cresceu 21,2 milhões, devido a isso, o banco investirá 2,3 bilhões em tecnologia. 

Demissões realizadas pelos bancos

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) diz que, atualmente, não é possível confirmar se o aumento dos processos digitais dos bancos afetou a queda no número de funcionários.

Além disso, a Febraban crê que o crescimento dos serviços digitais têm feito os bancos contratarem mais, principalmente quem é da área de TI. No entanto, o sindicato dos bancários de SP afirma que demissões e descumprimento de compromissos têm sido realizados em todo o país.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: IGOR GALLO KALASSA / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...