Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bolsa Família: adicional pode te garantir R$ 852 em 2024; saiba se pode receber

Bolsa Família em 2024: descubra como um adicional pode garantir R$ 852. Verifique agora se você tem direito!

Em um contexto de crescentes desafios econômicos, o programa Bolsa Família mais uma vez se destaca como uma ferramenta vital para o combate à pobreza no Brasil. Para o ano de 2024, está previsto um novo adicional que promete beneficiar milhões de brasileiros. Assegurando não apenas o básico para subsistência, mas também fomentando a inclusão e o bem-estar social.

Esta nova medida do Bolsa Família contempla um adicional de até R$ 852 por família ao longo de seis meses, começando já no segundo semestre do ano. Assim, essa ampliação é derivada do ajuste no Benefício de Renda de Cidadania, que propõe R$ 142 mensais por membro familiar, totalizando o montante mencionado.

Quem está qualificado para receber o adicional do Bolsa Família?

Imagem de notas de 50 reais com os dizeres "Bolsa Família" a frente
Imagem: rafastockbr / shutterstock – Edição: Seu Crédito Digital

O criterioso processo de seleção para o adicional do Bolsa Família é automaticamente vinculado ao Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico). Todos os atuais beneficiários com NIS de 1 a 0 são elegíveis para este suporte suplementar. Dessa forma, isso inclui famílias que trabalham arduamente para garantir o mínimo de dignidade, abrindo caminho para uma vida mais estável e segura.

Para distribuir o valor justamente, o cálculo do adicional se baseia na quantidade de integrantes por família registrados no Bolsa Família. Cada membro registrado equivale a R$ 142 por mês, que ao se multiplicar pelos seis meses do benefício, alcança-se o valor de R$ 852. Esta soma é dividida de maneira equânime durante os seis meses restantes do ano, garantindo um apoio constante.

Impacto real do adicional para as famílias brasileiras

Ademais, a inclusão do adicional de R$ 852 pode significar uma melhoria substancial para muitas famílias, abrangendo necessidades essenciais como alimentação, saúde e educação. Esse aporte adicional não apenas eleva imediatamente a qualidade de vida de brasileiros, mas também possibilita um planejamento financeiro mais estável, potencialmente reduzindo dívidas e aumentando a poupança familiar.

Veja também:

800 mil brasileiros têm valores a receber: você está entre eles?

Para garantir que os benefícios sejam devidamente concedidos, é imprescindível manter os dados atualizados no Cadastro Único (CadÚnico). As famílias devem realizar atualizações pelo site ou aplicativo do CadÚnico pelo menos a cada dois anos, ou sempre que houver mudanças nas condições familiares, ou na composição de renda.

Imagem: Adao / Shutterstock.com