Saiba quem pode ter o Bolsa Família cancelado em 2021

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

O governo poderá cancelar o benefício do Bolsa Família para quem doou dinheiro ou foi candidato nas eleições de 2020. Isso porque o governo federal publicou nesta segunda-feira (04) as regras de suspensão temporária do benefício para as pessoas que estejam nessas situações. Além disso, é preciso cuidar pois a suspensão temporária pode virar cancelamento definitivo. Então, confira o texto a seguir e as regras para não perder nenhum prazo.

É provável que você também goste:

Quando você começa a receber o Bolsa Família pelo Caixa Tem?

PUBLICIDADES

Saiba tudo que você pode fazer no app Caixa Tem

PUBLICIDADES

Como descobrir se o seu PicPay Card é débito ou crédito?

No total, beneficiários do Bolsa Família e do Auxílio Emergencial doaram cerca de R$77,5 milhões para campanhas eleitorais nas eleições municipais de 2020. As sanções impostas aos beneficiários são resultado do cruzamento de dados do Tribunal Superior Eleitoral (TSE), do Tribunal de Contas da União (TCU) e do Cadastro Único.

Veja quem pode ter o benefício cancelado em cada caso

Primeiramente, pode passar por isso pessoas que foram candidatos nas eleições municipais e declararam à Justiça Eleitoral patrimônio maior que R$ 300 mil, e candidatos eleitos e que já assumiram o cargo.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Já em fevereiro, beneficiários do Bolsa Família que tenham doado valores mensais a partir de dois salários mínimos (valor considerado será per capita, ou seja, por pessoa) terão o benefício cancelado. Isso inclui também beneficiários do Bolsa Família que tenham sido funcionários em uma campanha e recebido valores mensais a partir de dois salários mínimos (valor equivalente a R$ 2.090).

Por fim, é possível reverter o cancelamento?

Depende. No caso de pessoas que doaram valores para campanhas e foram prestadoras de serviço durante a campanha eleitoral, sim, é possível reter o cancelamento. Isso porque o bloqueio poderá ser temporário. Então, as famílias que tiverem o benefício do Bolsa Família cancelado por um destes motivos deve atualizar seu cadastro até maio. Comprovando que se enquadram nas regras, voltam a receber o auxílio.

Porém, se isso não for feito, o governo pode cancelar seu benefício de forma definitiva, e não apenas provisória. Portanto, beneficiários que tiveram o benefício do Bolsa Família cancelado (ainda que temporariamente) devem apresentar seus dados na prefeitura da sua cidade.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que rola no setor financeiro?

Para isso, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram, e Twitch. Além disso, é importante lembrar que fazemos lives em todas as plataformas, todos os dias, às 20:00h. É só colar lá!

Imagem: Cassiano Correia/shutterstock.com

PUBLICIDADES
Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar