Bolsa Família receberá novo valor ainda em fevereiro. Saiba qual o valor!

Conheça também as novas formas de pagamento do benefício

0

O Ministro da Cidadania Onyx Lorenzoni informou a Jovem Pan que um novo programa vinculado ao Bolsa Família será lançado ainda este mês.

De acordo com o ministro, falta apenas o aval do presidente Jair Bolsonaro para que a notícia seja publicada oficialmente junto às propostas. Resta, também, que o presidente autorize informações sobre o novo Bolsa Família, que não terá seus moldes alterados.

É provável que você também goste:

Valores de R$ 89 a R$ 372 do Bolsa Família serão liberados ainda esta semana

Endividamento bate recorde em 2020, mas inadimplência recua

Atualização no valor do Bolsa Família

Lorenzoni confirmou que o Bolsa Família vai passar a pagar um valor mínimo maior de R$ 200, na expectativa de emancipar as famílias brasileiras.

Beneficiários que acabaram desempregados poderão voltar a receber o auxílio sem precisar retornar à fila.

O total de famílias cadastradas no programa Bolsa Família chega a 14.283.213.

Nova forma de pagamento do programa Bolsa Família

A Caixa Econômica Federal já deu início ao pagamento do benefício através do aplicativo Caixa Tem, que, no ano passado, foi utilizado para o pagamento do Auxílio Emergencial. O aplicativo permite a criação de uma conta social digital para recebimento de pagamentos do governo.

De acordo com o presidente da Caixa, Pedro Guimarães, o público que recebe o benefício costuma ser mais sensível à tecnologia, portanto, o pagamento será feito aos poucos através do app. Com a escala, será mais fácil alcançar, pelo menos, 9 milhões de beneficiários.

Escala de pagamento do Bolsa Família através do Caixa Tem

Os que já receberam o pagamento através do aplicativo foram os inscritos que possuem final do NIS de números 9 e 0, no final de 2020. O pagamento dos outros beneficiários vai ocorrer da seguinte forma:

  • Janeiro de 2021: pagamento para beneficiários com final do NIS 8, 7 e 6;
  • Fevereiro de 2021: pagamento para beneficiários com final do NIS 5, 4 e 3;
  • Março de 2021: pagamento para beneficiários com final do NIS 2 e 1, além de Grupos Populacionais Tradicionais Específicos: quilombolas, indígenas, ribeirinhos, pescadores artesanais, extrativistas, agricultores familiares, comunidades tradicionais, acampados, assentados e pessoas em situação de rua.

Além das famílias já cadastradas no Bolsa Família, o programa ainda estuda auxiliar usuários que ficaram desamparados após o fim do Auxílio Emergencial. 300 mil famílias podem ser incluídas no novo programa.

Gostou da nossa matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais através do FacebookTwitter e Instagram. Assim você fica por dentro de tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo das fintechs.

Imagem: Tatiane Silva/shutterstock.com

Comentários
Carregando...