Category - BANCOS

Cartões de crédito digitais sem anuidade para renda até R$ 10.000

O cartão de crédito é crescentemente utilizado para complementar a renda. Aí que mora o perigo de se endividar. Portanto, antes de tudo, o melhor é começar procurando por um cartão sem taxas e sem anuidade. Os cartões de crédito digitais sem anuidade tem se popularizado cada vez mais aqui no Brasil. No entanto, dependendo da renda do consumidor, é possível analisar qual a melhor opção. Para auxiliá-lo nessa decisão, elencamos aqui neste post 8 dicas de cartões de crédito digitais praticamente para todos os bolsos. Ou seja, para renda de até R$ 10.000. Boa leitura!

Leia também:

Hipercard: o cartão sem anuidade e com descontos na Rede Walmart

Cartões de crédito digitais sem anuidade para renda até R$ 10.000

Banco Inter

O Banco Inter oferece um dos melhores cartões de crédito digitais sem anuidade vinculado a uma conta digital. Contudo, a bandeira do cartão de crédito é Mastercard, e com ele você pode aproveitar as vantagens do programa Mastercard Surpreenda. Todavia, você pode ter o seu cartão nos segmentos Standard, Platinum e Black, ou seja, para todos os bolsos.

Contudo, cabe salientar que a conta digital do Banco Inter possui isenção total de tarifas, e além de um cartão de crédito digital realmente top, você terá todos os benefícios da inovação, com tudo que você precisa.

Portanto, para solicitar o seu cartão, faça o seu pedido pelo aplicativo.

Credicard Zero

O grupo Itaú lançou um dos melhores cartões de crédito digitais sem anuidade para concorrer de frente com as Fintechs. Isso não é por menos, este cartão deixa muitos concorrentes para trás. O cartão vem na bandeira Mastercard, agora é internacional, e o seu limite varia de 1 mil a 35 mil reais.

Um dos maiores diferenciais tecnológicos no Credicard Zero é que ele funciona no Apple Pay, o sistema de pagamentos da Apple. Entre as inúmeras vantagens deste cartão, além de não ter anuidade, é o fato de aproveitar descontos em empresas parceiras, como Casas Bahia, Extra, Ponto Frio, Natura, Netshoes e muito mais.

Você pode solicitar o seu cartão diretamente pelo site.

Digio

O cartão de crédito digital sem anuidade Digio é uma excelente opção que cabe em todos os bolsos. Famoso por aprovar consumidores que tenham Score de crédito baixo, ele não exige convites e nem comprovação de renda. Além de não ter cobrança de taxas ou de anuidade, ele é na bandeira Visa Internacional, e é aceito em milhões de lojas no mundo inteiro.

Para solicitar o seu cartão, basta baixar o aplicativo (Android ou iOS).

Original

O cartão de crédito digital sem anuidade Original tem uma novidade incrível, que é a possibilidade de ter cashback das suas compras. Ou seja, você consegue resgatar parte do que gastar em dinheiro no cartão.

O cartão é da bandeira Mastercard, internacional, e fornece suporte através do internet banking, pelo aplicativo, e através das modalidades tradicionais, como através do telefone.

Você pode adquirir o seu cartão através do aplicativo Seja Original para abertura de novas contas, ou através do aplicativo do banco para quem já é cliente.

Nubank

O Nubank dispensa comentários, e é um dos mais queridinhos dos consumidores. Entretanto, ele possui uma avaliação interna, que depende primeiramente de um convite. Normalmente, muitos pedidos são recusados, e os clientes acabam em uma lista de espera.

Porém, o cartão de crédito é bem interessante, e possui o programa de pontos Nubank Rewards, que posssibilita “apagar” determinadas despesas, de acordo com os seus pontos, que não expiram. Entretanto, é necessário pagar uma assinatura de 19 reais por mês, para ter direito ao benefício.

Para solicitar o seu cartão, vá diretamente no site ou no aplicativo. Peça seu convite, e preencha os seus dados, como o nome, CPF e endereço de e-mail.

Next

O Next é o cartão de crédito digital do Bradesco, e possui isenção de anuidade pelos três primeiros meses. Embora que ele não seja isento de anuidade, se você aderir à portabilidade, levando seu salário para o Next, poderá manter a isenção.

O cartão é um dos que mais possuem benefícios associados à sua utilização. Tem programa de descontos em dezenas de parceiros. Entre eles, descontos nos ingressos do Cinemark (pipoca e cinema), descontos em viagens no Uber, e muito mais. São os mimos do Next.

Para solicitar o seu cartão, vá diretamente no aplicativo e solicite o seu. É sujeito a análise cadastral.

Pag!

O cartão de crédito Pag! é da bandeira Mastercard, e com isso contempla vários bônus do Mastercard Surpreenda. Tampouco, ele não fica para trás em relação a outros cartões, e atende o segmento Standard Internacional.

Entre os seus benefícios, ele oferece TEDs, recarga de celular e emissão de boletos bancários sem curso algum. Ademais, você tem um aplicativo que permite bloquear e desbloquear o seu cartão. Você também pode pedir aumento de limite e troca da data de vencimento da fatura. Adicionalmente, você terá suporte via chat 24 horas, através de e-mail e redes sociais.

Para solicitar o seu cartão, você precisa baixar o aplicativo na App Store ou Google Play Store e preencher o seu cadastro.

pag

Santander Free

O mais recente de todos os cartões de crédito digitais sem anuidade elencados logo acima. Lançado pelo banco Santander, e na bandeira Mastercard, ele tem isenção de taxas caso o consumidor faça compras mensais à partir de R$ 100.

O cartão Santander Free possui inúmeras vantagens, que o deixa em posição de destaque perto de outros cartões. Com ele, você pode participar do Mastercard Surpreenda, e acumula pontos no Esfera, que é o programa de vantagens específico da instituição. Com ele, a cada 5 reais gastos, você ganha 1 ponto e pode aproveitar em descontos em lojas e serviços parceiros.

Entretanto, ele exige renda mínima de R$ 500 para correntistas e de R$ 954 para não correntistas. Por fim, para solicitar o seu cartão, entre diretamente no site da instituição.

Gostou da notícia?

Então nos siga no FacebookTwitter e Instagram para continuar acompanhando todos os nossos artigos e notícias sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

XP Investimentos vai lançar banco com conta corrente e cartão de crédito

XP Investimentos vai lançar banco

XP Investimentos vai lançar banco. Cada vez mais estamos vendo novos serviços financeiros sendo lançados no Brasil. Agora, a especulação gira em torno da XP Investimentos, pois na sexta-feira, o Banco Central aprovou a compra pelo Itaú Unibanco de uma participação de 49,9% na empresa. Depois de 15 meses em que a transação foi fechada, o BC autorizou a compra. Entretanto, o órgão impôs duras restrições em relação ao contrato original.

“Durante mais de um ano, ficamos travados aguardando a aprovação dos reguladores. Mas agora estamos como uma mola comprimida”, disse o CEO e principal sócio da XP, indicando a intenção de impulsionar os planos.

XP Investimentos vai lançar banco com conta corrente e cartão de crédito

Segundo reportagem publicada nesta segunda-feira, pelo jornal Valor Econômico, a XP Investimentos pretende lançar ainda em 2018, um banco que futuramente poderá se tornar completo.

Leia mais:

XP Investimentos pode criar um banco completo.

Sofisa Direto: banco digital dá bônus de R$ 50 por amigo indicado.

O BC, no entanto, limitou o controle do banco sobre a empresa de serviços financeiros até pelo menos 2016. “Nossa visão de longo prazo é que esse banco possa virar um banco completo. Vai entrar o crédito, depois a conta corrente, depois o cartão de crédito. Tem um cronograma de ações. Mas é uma jornada de longo prazo”, disse o presidente-executivo e principal sócio da XP, Guilherme Benchimol, segundo o jornal.

XP distante das fintechs?

O executivo, no entanto, procurou demonstrar distanciamento da XP em relação à febre das fintechs, startups que oferecem soluções financeiras com o auxílio da tecnologia e que são encaradas como uma possibilidade real de concorrência para um mercado altamente concentrado. “Eu sou um empresário mais raiz. Sou adepto da contabilidade tradicional”, disse.

“Uma empresa vale o que gera de receitas menos o que tem de despesas. Mas hoje, no mundo inteiro, a maior parte das fintechs está mais preocupada com a próxima rodada de captação e não percebe que, assim, está abrindo mão de seu ativo mais importante, suas ações.” Na visão dele, o maior desafio das fintechs é ganhar sustentabilidade. “Há empresas que valem bilhões dando prejuízo.”

No dia 31 de agosto, o Itaú aumentará o capital em cerca de R$ 660 milhões e pagará R$ 6,3 bilhões pelas ações que está comprando.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Para assim acompanhar os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Fonte: Valor.

 

Banco do Brasil e Bradesco vão entrar no Apple Pay a qualquer momento

Desde a exclusividade de 90 dias do Itaú, o Banco do Brasil e Bradesco ainda não entraram no Apple Pay. Na última semana, inúmeros clientes do Banco do Brasil conseguiram cadastrar os seus cartões e usar o Apple Pay. Porém, a alegria durou pouco tempo, e logo em seguida tiveram seus cartões removidos.

Leia também:

XP Investimentos vai lançar banco com conta corrente e cartão de crédito.

Cartão pré-pago de saúde dá descontos em exames, consultas e compra de remédios.

Credicard Mastercard Black: acumule até 5 pontos por dólar sem anuidade

Apple Pay

Para quem não sabe, o Apple Pay trata-se de um sistema de pagamento móvel e carteira digital desenvolvido pela Apple Inc e lançado nos Estados Unidos em 2014. A vinda do sistema de pagamentos para o Brasil tem sido bastante demorada. Até este momento, apenas o Banco Itaú utiliza o sistema.

O pagamento em lojas físicas e em aplicativos está disponível para os seguintes dispositivos: iPhone 6, iPhone 6 Plus e dispositivos Apple Watch. Contudo, nos dispositivos iPad Air 2 e iPad mini 3 disponível somente em aplicativos.

Banco do Brasil e Bradesco vão entrar no Apple Pay a qualquer momento

Ontem (11 de julho), o site MacMagazine obteve a confirmação oficial da Apple quanto a entrada do Banco do Brasil e do Bradesco no Apple Pay. Confira a imagem logo a seguir.

Portanto, de acordo com as screenshots logo acima, tudo indica que o Banco do Brasil e Bradesco estão prestes a entrar no Apple Pay. Ademais, tanto o aplicativo do Banco do Brasil quanto o do Bradesco tiveram atualizações nesta semana. Ambos adicionaram suporte ao Wallet do iOS. Por fim, vamos torcer que o lançamento seja realizado o mais brevemente possível. Isso muito provavelmente será ao longo desta semana.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe os nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Via MacMagazine

Como funciona a lista de espera do Nubank em 2018?

O Nubank é um dos cartões de crédito sem anuidade mais amados pelos brasileiros. Entretanto, o roxinho segue alguns critérios, e não aprova a maior parte das solicitações. Você pode ser aprovado, ter o pedido negado, ou então ir para a lista de espera do Nubank. Entenda o que isso significa.

Leia também:

Fique atento: App do C6 Bank, concorrente do Nubank, será liberado neste mês.

Não aprova no Nubank? Confira novas dicas de cartões de crédito sem anuidade.

Como solicitar um cartão Nubank

Para solicitar o seu cartão Nubank, é necessário pedir um convite antes, e isso pode ser feito à partir de um amigo que já possui o roxinho ou pelo app ou site da instituição. Caso o seu amigo seja um bom cliente do Nubank, isso poderá influenciar positivamente na sua aprovação. Feito isso, você deve realizar um cadastro diretamente no site ou aplicativo Nubank. É necessário preencher alguns dados pessoais, como o seu nome completo, CPF e e-mail.

Posteriormente, começa a análise para aprovação do seu pedido pelo Nubank. Serão considerados diferentes dados como o seu histórico de crédito, dívidas em aberto, eventuais cheques devolvidos, etc. Obviamente que será feita uma consulta aos bancos de dados do SPC, Serasa e do Banco Central, bem como o seu Score de crédito. O Nubank então decidirá se o candidato ao cartão terá o seu pedido aprovado, ou se irá para a famigerada lista de espera do Nubank.

Lista de espera do Nubank

Ir para a lista de espera do Nubank significa que neste momento, e de acordo com os critérios utilizados pela instituição, você não teve seu pedido aprovado. Entretanto, como os critérios são periodicamente revisados, é possível que poderá ser aprovado em breve.

Não ser aprovado e ir para a lista de espera do Nubank não indica necessariamente que o candidato tenha o nome sujo, ou Score de crédito baixo demais. Como os critérios do Nubank não são divulgados na íntegra, fica difícil descobrir o real motivo. Você apenas saberá que não se enquadra no perfil para a aprovação naquele momento.

Portanto, nem tudo está perdido. Caso você tenha ido para a lista de espera do Nubank, é preciso rever algumas situações e batalhar por uma aprovação nos próximos meses.

Confira algumas dicas para ser aprovado no seu próximo pedido do roxinho:

  • Limpe seu nome no SPC e no Serasa. Isso é fundamental para aprovação em qualquer administradora de cartões de crédito ou bancos digitais.
  • Evite a aquisição de novas dívidas.
  • Pague as suas contas em dia, e ainda se possível coloque-as no débito automático.
  • Faça um cadastro positivo no Serasa Consumidor.
  • Atualize os seus dados no SCPC Boa Vista e no Serasa Consumidor.
  • Passe algumas contas para o seu nome, caso você não tenha contas de água, luz, telefone, entre outras. Isso é importante, pois assim você terá um histórico de pagamentos no seu CPF.
  • Não esqueça de incluir todos os seus rendimentos na solicitação do seu cartão.
  • Não faça muitos pedidos de cartão de crédito. Isso poderá prejudicar o seu Score de crédito, pois a pontuação é reduzida sempre que é feita uma nova consulta pelas empresas. Para o mercado, você estará pedindo crédito em excesso.
  • Consiga o convite através de um amigo que seja um bom pagador do Nubank. Isso aumentará consideravelmente as suas chances de ser aprovado.

Considerações finais

Seguindo essas dicas, é possível que você aumente o seu Score. Entretanto, é preciso ter muita calma nessa hora. Normalmente, pode demorar de 3 a 6 meses para refletir essas mudanças no seu comportamento financeiro. Portanto, assim, você terá mais chances de sair da lista de espera do Nubank e finalmente ter o seu tão sonhado cartão.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Por fim, acompanhe os nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Sofisa Direto: banco digital dá bônus de R$ 50 por amigo indicado

Cada vez aumentam mais as opções de bancos digitais. Paralelamente, os usuários tem procurado alternativas aos bancos tradicionais para os seus investimentos, que normalmente apresentam baixa rentabilidade. Com isso, o Banco Sofisa Direto é uma excelente oportunidade de banco 100% digital, que aceita o seu cadastro diretamente pelo site ou aplicativo. E o melhor: você ainda pode ganhar bônus de até R$ 50 por cada amigo que utilizar o seu código, indicado por você. Portanto, confira mais informações sobre a conta digital do Sofisa Direto aqui neste post.

Leia também:

Banco digital C6Bank será lançado para concorrer com Banco Inter e outros.

Como funciona a lista de espera do Nubank em 2018?

Como saber se os seus dados do Banco Inter foram vazados

Banco Sofisa

O Banco Sofisa tem o nome Sofisa S.A. Crédito, Financiamentos e Investimentos. O banco foi fundado em 1961 pelo empresário Varujan Burmaian, e em meados dos anos 1990, passou a ser denominado Banco Sofisa S.A. Todavia, o banco era focado somente no atendimento a empresas grandes investidores.

Banco Sofisa Direto

Em 2011, o Banco Sofisa Direto foi criado, e passou a permitir que as pessoas físicas investissem nos seus produtos através de uma conta digital sem tarifas. Ademais, na conta digital é possível investir em vários produtos de renda fixa, como CDB, LCI e LCA.

Primeiramente, você tem acesso a uma conta corrente 100% digital isenta de taxas e de tarifas. Nesta conta você pode efetuar transferências bancárias, depósitos de cheques, pagamentos de contas, cheque especial e empréstimo com garantia de imóvel.

O cartão Sofisa Direto é totalmente isento de tarifas e sem anuidade. Ele serve de maneira semelhante a um cartão de débito, e depende do saldo na sua conta corrente. Contudo, o cartão deve ser utilizado na modalidade crédito.

Sofisa Direto – Bônus de até R$ 50

Ao criar a sua conta, você pode ganhar até R$ 50 em bônus para cada amigo indicado. Contudo, ele também deve tornar-se cliente. Isso é disponibilizado através da campanha “Indique e Ganhe”. Portanto, você ganhará R$ 20 para cada indicado que abrir uma conta, e posteriormente, mais R$ 30 quando o seu indicado investir R$ 1.000.

Como abrir a sua conta

Abrir a sua conta, é muito simples. Basta entrar no site ou no app Sofisa Direto. Em aproximadamente 3 minutos você conclui o seu cadastro, enviando a imagem digitalizada de um documento de identidade e de um comprovante de residência. Por fim, logo em seguida já é possível realizar pagamentos, transferências ilimitadas, investimentos, e depositar cheques por imagem.

Considerações finais

O Sofisa Direto tem 56 anos de tradição, e todos os seus investimentos contam com a segurança do Fundo Garantidor de Créditos, até o limite de R$ 250 mil por CPF. Portanto, é uma excelente opção de banco digital. Contudo, para saber mais sobre o Sofisa Direto, entre diretamente no site da instituição.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Por fim, acompanhe os nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Como saber se os seus dados do Banco Inter foram vazados

dados do Banco Inter

Recentemente, o Ministério Público do Distrito Federal e Territórios (MPDFT), via Comissão de Proteção dos Dados Pessoais, moveu uma ação civil pública por danos morais coletivos contra o Banco Inter. A ação pede a condenação do banco ao pagamento de R$ 10 milhões, por não ter tomado os devidos cuidados para que garantisse a segurança dos dados pessoais dos clientes e não clientes (dados de 4.840 clientes de outros bancos que fizeram transações com usuário do Banco Inter também foram comprometidas). Veja, logo abaixo, como saber se os seus dados do Banco Inter foram vazados.

Leia também:

Vazou! Dados de 264 mil clientes da Atlas Quantum são expostos na rede [URGENTE].

Cartão pré-pago de saúde dá descontos em exames, consultas e compra de remédios.

Banco Inter segue negando vazamentos de dados dos clientes.

O MPDFT validou quase 20 mil nomes de pessoas que tiveram informações vazadas. Dados como número de conta, senha, endereço, CPF e telefone estavam sendo circulados pela internet.

Embora o BC confirme o vazamento, o Inter segue negando e se recusa a comentar o caso para a imprensa.

Como saber se você teve os seu dados do Banco Inter vazados

Várias pessoas, portanto, estão preocupadas e querem descobrir se os seus dados foram vazados. Mas para isso, você deve, de acordo com o Banco Central, procurar o Serviço de Atendimento ao Consumidor (SAC) do Banco Inter e pedir informações sobre isso.

Vale ressaltar que, segundo o GizBR, “as normas do Conselho Monetário Nacional indicam que as instituições financeiras são obrigadas a comunicar ao Banco Central os incidentes relevantes que configurem uma situação de crise – o que inclui casos de vazamentos. No entanto, não existe uma regra do Conselho Monetário Nacional ou do Banco Central que obrigue a instituição financeira a notificar tais incidentes aos clientes. É por isso que o Banco Inter não notificou ninguém, a não ser o próprio BC”.

Se for necessário, além de procurar o SAC, você deve falar com a Ouvidoria do Banco Inter.

É possível, também, registrar reclamações no Banco Central do Brasil. “Todos os protestos recebidos são encaminhados para as instituições financeiras e o BC verifica se os clientes receberam a resposta. De acordo com o órgão, essas reclamações podem contribuir no processo de regulação e fiscalização do sistema financeiro”, adiciona.

Para registrar uma reclamação no BC, clique aqui.

“A negligência do Banco Inter só é possível porque o Brasil ainda não possui uma legislação que trate sobre a privacidade e tratamento de dados pessoais. O PLC (Projeto de Lei da Câmara) 53/2018, que define regras para esses casos, já foi aprovado pelo Congresso em julho e aguarda a sanção presidencial”, conclui o GizBR.

Existe alguma outra forma de ver se os seus dados do Banco Inter foram vazados?

Além disso, é importante mencionar que os dados vazados estavam sendo negociados livremente na chamada “Deep Web” ou “Web Profunda”.

Pesquise no site Have i Been Pwned

Se os dados estão circulando na internet, provavelmente o site Have i Been Pwned atualizará a base de dados.

Se previna

É importante você tomar algumas medidas para tornar a sua conta mais segura, mesmo que os seus dados tenham sido vazados. Portanto, faça os seguintes procedimentos:

1-Altere a senha do cartão;
2- Altere a senha para acesso do App;
3- Alterar a senha do seu e-mail para ter uma garantia maior. (Opcional).

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Para acompanhar os artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Fonte: Gizmodo.

Liberadas apostas nas Loterias Online da Caixa pagando com o cartão de crédito

Agora você pode efetuar apostas nas Loterias Online da Caixa e pagar com o seu cartão de crédito. A novidade foi disponibilizada hoje, pela Caixa Econômica Federal. Com a novidade, é possível apostar em várias modalidades de jogos, sem depender de uma casa lotérica. Confira como funciona, e como apostar online agora mesmo.

Leia também:

Caixa integra informações do PIS ao assistente de voz para beneficiários tirarem dúvidas.

Cartão de crédito digital da Caixa pode ser lançado em breve.

Caixa pretende criar 100 agências digitais este ano.

Loterias Online da Caixa – como funciona

Nas Loterias Online da Caixa, você pode jogar na Mega-Sena, Lotofácil, Dupla Sena, Quina, Lotomania, Loteca, Lotogol e Dia de Sorte. Somente a Loteria Federal não está disponível nessa modalidade de apostas.

Quantos aos valores, são exatamente os mesmos cobrados pelas lotéricas. Adicionalmente, você ainda pode fazer a Surpresinha (o sistema escolhe os números aleatoriamente), ou a Teimosinha (repete as apostas em vários concursos). Entretanto, cabe ressaltar que você pode gastar no mínimo R$ 30 e no máximo R$ 500. Para valores diferentes, é necessário ir até uma agência lotérica.

Como o valor mínimo é relativamente alto, isso vai obrigar o apostador a jogar em um maior número de jogos. Muito provavelmente, isso deve ter sido ajustado para que as agências lotéricas não perdessem um grande volume de clientes de imediato. Embora que os donos de lotéricas ganhem um percentual das apostas.

Loterias Online da Caixa – como apostar

Para apostar, é necessário entrar diretamente no site https://www.loteriasonline.caixa.gov.br/. É necessário preencher um cadastro com algumas informações, como nome, CPF, data de nascimento, nome da mãe, e-mail e senha.

Feito isso, é necessário entrar na sua caixa de e-mail, e verificar a sua conta. É necessário validar o seu cadastro dentro de quinze minutos. Serão solicitadas mais informações pessoas, como endereço, celular, etc. Além disso, é necessário aceitar os Termos de Uso e Finalizar o seu cadastro.

O Portal das Loterias Online da Caixa já estava previsto a alguns meses, a princípio seria lançado em setembro de 2017. Entretanto, a entrega do projeto demorou alguns meses a mais do que se imaginava. Isso porque dependeu de vários ajustes, bem como a negociação com os representantes das lotéricas.

Por fim, as Loterias Online da Caixa é uma opção interessante de fazer as suas apostas sem a necessidade de enfrentar filas desnecessárias.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe os nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto das fintechs.

Quando vale a pena pagar a anuidade do cartão de crédito e acumular os pontos?

Neste momento, uma infinidade de Fintechs e de bancos digitais oriundos de instituições bancárias tradicionais têm apostado nos cartões de crédito sem anuidade. E os “millennials”, pessoas que não possuem comprovação de renda, desbancarizados e insatisfeitos com os bancos tradicionais fazem crescer exponencialmente a demanda. Contudo, em alguns casos pode ser interessante pagar a anuidade do cartão de crédito. Portanto, confira se este é o seu caso.

Leia também:

Liberadas apostas nas Loterias Online da Caixa pagando com o cartão de crédito

Dia dos Pais: Dê um vale-presente do Mercado Livre

Parcelamento automático da dívida do cartão de crédito é prática abusiva

A maior parte das operadoras de cartão de crédito oferece pontos a cada um dólar que você gastar. Ou seja, os planos de fidelidade dos cartões de crédito oferecem uma bonificação aos seus consumidores de acordo com a utilização do seu dinheiro de plástico.

Entretanto, as regras dependem de cada instituição financeira ou operadora de cartão de crédito. Normalmente, você pode trocar os seus pontos por descontos ou diárias em hotéis, aluguel de carros, eletrodomésticos, passagens aéreas e muito mais.

Quando vale a pena pagar a anuidade do cartão de crédito?

Você gasta muito com o seu cartão de crédito

Se você é aquele tipo de consumidor que gasta muito com o seu cartão de crédito, você pode estar perdendo de ganhar com um cartão de banco tradicional que poderia render muitos pontos. Dessa forma, pode parecer óbvio, mas você pode estar perdendo dinheiro em não pagar pela anuidade do seu cartão de um grande banco, e sequer percebeu isso.

Analise se é fácil a troca dos pontos

Alguns programas de fidelidade deixam você como refém dos produtos disponibilizados, e você não consegue transferir os pontos. Clubes de fidelidade como a Multiplus e Smiles aceitam a transferência de pontos no cartão de crédito. Entretanto, muitas operadoras cobram pela transferência de pontos e ainda demoram para transferir. Isso pode ocasionar a perda de uma excelente promoção em virtude do tempo.

Portanto, analise de antemão os preços cobrados. Verifique também o tempo médio para transferir os seus pontos, e confira se isso será vantajoso para você.

Validade dos pontos

Não perca a validade dos seus pontos. Não deixe-os expirar e ao mesmo tempo, evite a troca por prêmios desnecessários, apenas para não perdê-los.

Considerações finais

É fundamental que você saiba qual o valor da sua anuidade, quantos pontos são ganhos a cada dólar gasto. Ao mesmo tempo é importante verificar se é possível ganhar mais. Muito provavelmente se você é um consumidor de alta renda, pode ser mais vantajoso pagar a anuidade do cartão de crédito.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Parcelamento automático da dívida do cartão de crédito é prática abusiva

Desde a publicação da Resolução CMN nº 4.549/2017, os bancos passaram a parcelar automaticamente o saldo remanescente do crédito rotativo. Com isso, os consumidores são surpreendidos inúmeras vezes em terem um parcelamento automático por não saldarem o valor total devido na fatura do cartão de crédito. Mas e afinal, os bancos podem parcelar a dívida do cartão de crédito sem a anuência do consumidor? Tire as suas dúvidas aqui neste post.

Leia também:

Quando vale a pena pagar a anuidade do cartão de crédito e acumular os pontos?

Clientes de Fintechs poderão fazer saques sem cartão em caixas eletrônicos

Na resolução nº 4.549, consta:

Art. 2º Após decorrido o prazo previsto no caput do art. 1º, o saldo remanescente do crédito rotativo pode ser financiado mediante linha de crédito para pagamento parcelado, desde que em condições mais vantajosas para o cliente em relação àquelas praticadas na modalidade de crédito rotativo, inclusive no que diz respeito à cobrança de encargos financeiros.

Parcelamento automático da dívida do cartão de crédito é prática abusiva

Com base na interpretação da resolução, os bancos passaram a oferecer o parcelamento de maneira automática da dívida do cartão de crédito. Contudo, ocorre que na maioria das vezes consta nos contratos dos cartões de crédito.

Entretanto, de acordo com internautas, vários bancos tem parcelado automaticamente a dívida do cartão de crédito. O problema é que normalmente eles não são consultados antes disso.

Os bancos se defendem, com a Abecs:

“O cliente tem sempre que procurar um caminho para resolver suas dívidas antes que ela cresça o máximo possível, faz parte de um processo saudável de gestão de planejamento financeiro, e os bancos, necessariamente, vão procurá-lo também para poder encontrar mecanismos de torná-lo adimplente novamente”, explicou o diretor-executivo da Associação Brasileira das Empresas de Cartões de Crédito e Serviços – Ricardo de Barros Vieira, em entrevista ao G1.

Por outro lado, o PROCON de São Paulo considera as regras complexas. Entretanto, reforça que “impor o parcelamento é considerada prática abusiva, por ferir o direito básico do consumidor de liberdade nas contratações”.

Considerações finais

Caso seu o seu banco tem parcelado automaticamente a sua dívida do cartão de crédito, vá ao Procon e faça uma queixa de prática abusiva. Adicionalmente você ainda pode fazer uma reclamação no site Reclame Aqui, e também entrar na justiça, caso os problemas continuem. O consumidor tem o direito de escolher se vai utilizar o parcelamento, ou se prefere a portabilidade através de outra instituição.

Gostou da notícia?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Nubank Rewards: plano mais caro da Netflix pode ser “apagado” com 2.600 pontos

O Nubank Rewards está longe de ser o melhor programa de recompensas disponível no mercado. Entretanto, você pode “apagar” algumas continhas interessantes. Por exemplo, é possível apagar corridas do Uber e em compras no iFood. O que pouca gente sabe, é que dá para otimizar o seu desconto, e um deles é na mensalidade da Netflix.

Leia também:

Nubank adiciona recurso de reordenar atalhos e desbloqueio por biometria.

Clientes de Fintechs poderão fazer saques sem cartão em caixas eletrônicos

Nubank Rewards: como funciona?

O programa de recompensas do Nubank, o Nubanks Rewards é um serviço pago e de livre adesão. É cobrada uma mensalidade de R$ 19, mas que pode ser paga em apenas uma cobrança anual, no valor de R$ 190, com maior economia.

Através do Nubank Rewards, você pode “apagar” determinadas contas de parceiros do Nubank, como Uber, recentemente Cabify, mensalidade da Netflix, compras no iFood, entre outros.

Confira a tabela de conversão atual:

• 10.000 pontos valem R$ 100 para voos e despesas de hospedagem (hotéis, hostels e AirBnb)
• 3.000 pontos valem uma compra na Amazon.com.br de até R$ 30
• 2.600 pontos valem uma mensalidade da Netflix em qualquer plano (R$ 19,90 a R$ 37,90)
• 2.500 pontos valem uma viagem de Uber entre R$ 10 e R$ 25
• 2.000 pontos valem uma mensalidade de streaming de música (R$ 16,90 a R$ 26,90 para o Spotify)

Se quiser, confira diretamente no site da Fintech maiores informações do Nubank Rewards.

Nubank Rewards: como aproveitar no plano mais caro da Netflix

O Nubank Rewards permite que você apague a mensalidade da Netflix com 2.600 pontos. Portanto, se você é assinante da Netflix e participa do Nubank Rewards, confira se a sua assinatura é a básica.

Contudo, caso não seja, troque de plano, para aproveitar os Nubank Rewards e “apagar” a sua conta. Isso porque independe do valor da mensalidade.

Mudanças na política de resgates

Recentemente tivemos uma reformulação da cobrança do Nubank Rewards. A Fintech começou a cobrar os pontos proporcionalmente para o Uber e o iFood. Com isso, cada um real gasto nestes serviços, podem ser apagados com 130 pontos, com uma maior economia.

Entretanto, a nova política não beneficia gastos mais altos, e favorece apenas corridas mais curtas no Uber, por exemplo. Isso acontece porque tivemos um aumento na pontuação necessária para “apagar” um conta nos dois serviços.

Gostou da notícia sobre Nubank Rewards?

Então, nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Para acompanhar artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao assunto de fintechs.