Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Combustíveis em alta: 4 de 6 tipos registram aumento até maio

Explore as tendências de preços dos combustíveis em 2024. Descubra por que algumas taxas estão subindo enquanto outras caem.

Nos últimos meses, os preços dos combustíveis têm mostrado variações significativas, com algumas elevações notáveis em determinados tipos.

Veja o comportamento dos preços dos combustíveis em 2024, baseado em dados fornecidos pela Veloe, uma referência no monitoramento e gestão de frotas.

Etanol lidera aumento de preços de combustíveis em 2024, GNV sobe 1,6%

Carro recebendo combustível (etanol ou gasolina) no tanque
Imagem: Studio4dich / shutterstock.com

De janeiro a maio de 2024, o etanol hidratado registrou um expressivo aumento de 8,8% em relação ao mesmo período do ano anterior. Seguindo essa tendência, a gasolina aditivada teve um aumento de 4%, enquanto a gasolina comum subiu 3,8%.

Por outro lado, o Gás Natural Veicular (GNV) registrou um aumento de 1,6%, configurando um cenário misto quando comparado às quedas observadas nos preços dos dois tipos de diesel.

Fatores que influenciam a oscilação dos preços dos combustíveis

A variação nos preços dos combustíveis pode ser atribuída a diversos fatores, incluindo mudanças nas políticas de impostos, oscilações no preço do petróleo no mercado internacional e fatores geopolíticos e econômicos que afetam a oferta e a demanda global.

Além disso, fatores regionais como logística de distribuição e demanda local também desempenham papéis cruciais.

Preços regionais dos combustíveis em maio de 2024

Analisando os preços por região, observa-se uma disparidade significativa. Em maio de 2024, o Norte e o Nordeste registraram os maiores preços médios de gasolina, enquanto o Sudeste e o Sul apresentaram os menores valores.

Especificamente, o preço médio da gasolina comum nos postos alcançou R$ 5,939, com um aumento de 0,8% em comparação a abril.

Impactos a longo prazo no orçamento dos motoristas

A alta contínua nos preços dos combustíveis é uma preocupação vital para os motoristas brasileiros. Aumentos consistentes têm um impacto direto no orçamento mensal, elevando o custo geral de vida. Isso é especialmente relevante em um contexto econômico onde outras despesas essenciais continuam crescendo.

Veja também:

Definição sobre o FGTS distribuído ao trabalhador será em julho e pode superar R$ 14 bi

Em suma, enquanto alguns tipos de combustíveis, como o diesel S-10, tiveram estabilidade ou redução nos preços, outros, como o etanol e as gasolinas aditivada e comum, mostram uma tendência de alta.

O desafio para os consumidores e gestores de frotas continua sendo a gestão eficaz dessas variações para minimizar impactos financeiros.

Imagem: Dawn McDonald / Unsplash