Como vai funcionar o pente-fino do INSS em 2021?

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Anunciado no mês de setembro de 2020, o pente-fino do INSS em 2021 irá iniciar. A notícia tem tirado o sono de alguns segurados, pois estão preocupados se vão ou não continuar a receber o benefício do INSS.

Vale destacar aqui, que há um grupo de beneficiários que está vedado de perder o benefício. Dentro desse grupo estão: 

  1. Os aposentados por tempo de contribuição e idade;
  2. Indivíduos que recebam o benefício previdenciário, por serem portadores de AIDS-HIV;
  3. Os aposentados e pensionistas por invalidez, com mais de 60 anos de idade;
  4. Quem possui mais de 55 anos, e que já recebe há mais de 15 anos o benefício por incapacidade, conhecido como auxílio-doença ou invalidez. Nesse caso, a pessoa só pode perder o benefício se houver algum indício de fraude, mas esse grupo não deve entrar no pente-fino do INSS em 2021.
PUBLICIDADES

É provável que você também goste:

PUBLICIDADES

Aumento do salário mínimo para R$ 1.100: quanto vai ficar o teto do INSS em 2021?

Como vai funcionar a antecipação do 13º salário do INSS em 2021?

INSS divulga o calendário de pagamentos de benefícios em 2021.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Quem compõe o grupo do pente-fino do INSS em 2021?

Segue abaixo, o grupo de beneficiários que passará pelo pente-fino do INSS em 2021:

  1. Auxílio Doença;
  2. Auxílio Acidente;
  3. Aposentadoria por Invalidez;
  4. Benefício Assistencial.

Sendo assim, todos os beneficiários que recebem o auxílio e que se encaixam dentro de um desses quatro grupos receberão uma notificação, e deverão se apresentar na agência do INSS mais próxima. 

É importante que o segurado mantenha atualizado o seu cadastro, de forma que os meios de comunicação estejam corretos, tais como telefone, e-mail e endereço atual. Dessa forma, o segurado não corre o risco de ter o benefício cancelado por falta de comunicação entre o INSS e ele. 

Sobre a notificação

Ao ser notificado, o segurado deve ler de forma atenta a notificação, para evitar esquecer algum documento solicitado. É importante que esses sejam legíveis e estejam em excelente estado, e no formato e tamanho adequados. 

Aos assegurados pelo auxílio-doença, provavelmente será necessário apresentar novos exames ou um atestado atual. Ou seja, todos os documentos que comprovem a incapacidade devem ser apresentados ao INSS.

Afinal, como enviar a documentação solicitada?

Em primeiro lugar, quem passar pelo o pente-fino do INSS em 2021 deverá acessar o Meu INSS via aplicativo (iOS ou Android) ou pelo site. Assim que realizar o seu login, o beneficiário deverá ir em “Atualização de Dados e Benefício”. Em seguida, será necessário anexar uma cópia digitalizada de seu CPF, RG, Certidão de nascimento ou casamento, Título de Eleitor, Carteira de Trabalho e Previdência Social, além dos demais documentos solicitados. 

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Enfim, gostou da notícia sobre o pente-fino do INSS em 2021?

Para ficar por dentro de mais notícias como essa, é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitter, Instagram e Twitch. Além disso, é importante lembrar que fazemos lives em todas as plataformas, todos os dias, às 20h00.

Imagem: Tarcisio Schnaider / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar