Compras online começaram cedo em 2020 (e devem permanecer em alta por um bom tempo!)

0

Se a pandemia do novo coronavírus tivesse ocorrido há 20 anos atrás, comprar comida, roupas e remédios do conforto do seu lar não teria sido possível. No entanto, hoje a realidade é bem diferente. Isso porque, com a chegada da pandemia, e a necessidade de diminuir saídas a supermercados e shoppings, as compras online, que já estavam subindo, cresceram ainda mais.

E, ao contrário do que se pensa, essas compras online não estão diminuindo com o passar do tempo: elas estão crescendo. A seguir, confira mais sobre o assunto e veja porque comprar online se tornou algo tão comum hoje em dia.

É provável que você também goste:

Clientes do Nubank ganham cashback ao comprar no Amazon Prime

Banco Pan e Méliuz: empréstimo mesmo para negativados e com cashback

Cartão de crédito clonado: saiba o que fazer e como prevenir

Ainda em abril, no início da pandemia, as vendas no comércio online cresceram 18,5% entre os dias 31 de março a 6 de abril. Esses dados são de uma pesquisa da Ebit|Nielsen. Ao todo, a estimativa é que, desde o início da pandemia, o varejo digital vendeu um montante de R$ 100 bilhões de reais. 

Assim, as compras online só crescem a cada ano. E, apesar da incerteza econômica que veio com a crise, principalmente com o desemprego, o varejo é uma das áreas que mais vêm crescendo e se tornando cada vez mais forte, mesmo em 2020.

De fato, muitas pessoas entenderam, com a pandemia, que fazer compras online pode ser muito mais fácil e, inclusive, econômico. Isso porque, na maior parte das vezes, os valores em e-commerces e marketplaces costumam ser bem mais em conta. 

Em 2020, o “boom” das compras online começou cedo

As compras online geralmente permanecem estáveis durante o ano, até começar a explodir e aumentar no fim do ano. Contudo, em 2020, a história foi um pouco diferente: com a pandemia, o “boom” das compras online começou cedo, iniciando ainda em abril. E isso não foi apenas no Brasil, mas no mundo inteiro. 

Dessa forma, de fevereiro a maio, quando as vendas pela internet em geral eram mais baixas, a tendência se inverteu. Compras online aumentaram significativamente, conforme dados da Ebit|Nielsen; isso tudo muito devido à necessidade das pessoas em comprar comida, mantimentos em geral, roupas e até mesmo remédios sem sair de casa e expor-se ao vírus. 

E você, tem feito muitas compras online durante a pandemia? Acredita que essa tendência vai se confirmar no ano que vem? Deixe sua opinião nos comentários!

Enfim, gostou da matéria?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram, e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Rawpixel.com / Shutterstock.com

- Publicidade -

Comentários
Carregando...