Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Confira a lista de beneficiários que vão receber R$ 700 ainda em junho!

Lista de beneficiários para receber R$ 700 em junho está disponível para consulta.

O Benefício de Prestação Continuada (BPC), gerenciado pelo Instituto Nacional do Seguro Social (INSS), é uma proteção econômica essencial para idosos e pessoas com deficiência (PCDs) de baixa renda. Além de prover suporte financeiro, ele assegura dignidade e a oportunidade de uma vida mais estável para milhares de brasileiros.

Aprenda a seguir mais detalhes sobre o BPC e como obter um adicional de R$ 700.

Como se inscrever para o Benefício de Prestação Continuada?

Na imagem, mão segurando várias notas de cem e cinquenta reais.
Imagem: Vergani Fotografia / Shutterstock.com

Para aqueles que necessitam do suporte do BPC, o primeiro passo é realizar a inscrição no Cadastro Único (CadÚnico), processo conduzido nos Centros de Referência de Assistência Social (CRAS). Por meio desse cadastro, as informações dos solicitantes são organizadas e utilizadas para direcionar políticas públicas adequadas.

Após completar o registro no CadÚnico, o próximo passo é formalizar a solicitação do BPC junto ao INSS, o que pode ser feito de forma online através do sistema Meu INSS, uma opção prática e rápida. Para os candidatos com deficiência, será necessário realizar uma perícia médica para confirmar a elegibilidade.

O que é o Auxílio Inclusão e como ele complementa o BPC?

Ao lado do BPC, existe um benefício adicional conhecido como Auxílio Inclusão. Este auxílio destina-se aos atuais beneficiários do BPC que ingressam no mercado de trabalho formal, proporcionando um incentivo financeiro extra no valor de R$ 706, equivalente à metade do pagamento mensal do BPC.

Veja também:

Como abrir uma conta corrente no Santander?

Esse benefício visa facilitar e incentivar a participação ativa dessas pessoas no mercado de trabalho. Os requisitos para elegibilidade incluem ser um beneficiário ativo do BPC, estar empregado em um trabalho formal com remuneração que não ultrapasse dois salários mínimos, possuir uma deficiência considerada de grau moderado ou grave, e manter o CPF regularizado junto à Receita Federal.

A implementação dessas condições facilita o acesso a direitos e benefícios essenciais para a população mais desassistida.

Imagem: Alison Nunes Calazans / Shutterstock.com