Alguns anos atrás, bastava ao consumidor somente não ter o CPF negativado no SCPC, SPC e Serasa para se conseguir crédito nas instituições financeiras. Com tempo, veio o score de crédito, cuja pontuação é de acordo com o histórico de crédito do consumidor. E por último, o Cadastro Positivo, que pode ser de adesão automática caso a lei seja aprovada. Ela já passou pela Câmara, e agora tramita no Senado. Como se não bastasse tudo isso, os bancos utilizam a restrição interna para não conceder crédito. Especificamente, a Caixa Econômica Federal utiliza o Cadastro CONRES. O CONRES significa Cadastro Informativo de Pessoas Físicas e Jurídicas com Relacionamento com a CAIXA. Saiba mais, e entenda como funciona essa espécie de restrição interna.

Leia também:

Cartão da Caixa é sem anuidade no 1º ano e aprova com score baixo

Nubank pode ser patrocinador Master do Botafogo

BB e Caixa liberam último lote do PIS/PASEP – veja se você tem direito

CONRES pode impedir concessão de crédito na Caixa para sempre

O que é o Cadastro CONRES?

O cadastro CONRES é um mecanismo de controle interno da Caixa Econômica Federal. Através dele, são registradas todas aquelas operações realizadas com perdas financeiras para a instituição. Portanto, ele é utilizado como parâmetro tanto para a avaliação, concessão de crédito e abertura ou manutenção de relacionamento entre a Caixa e o cliente.

O Banco Central do Brasil estabeleceu políticas e diretrizes de risco, que incluem a possibilidade das instituições financeiras possuam mecanismos internos próprios na avaliação de crédito. Isso acontece tanto para liberação de limite de crédito e cartão de crédito, como para a liberação de um financiamento habitacional.

Resumidamente falando, o CONRES é um cadastro interno de clientes que deram prejuízo ao banco, independente de que a dívida tenha sido quitada ou não. O que mais importa é que se teve prejuízo. Ou seja, se a sua dívida foi vendida e você pagou com 90% de desconto, o banco teve prejuízo por não ganhar o juros. No caso da Caixa Econômica Federal, além de registro no SCR do SISBACEN (leia mais aqui), você acaba fazendo parte do Cadastro CONRES, que não é fácil de sair.

Como limpar o nome no Cadastro CONRES da Caixa

Infelizmente, o Cadastro CONRES é o nome sujo mais difícil de limpar. Contudo, confira logo a seguir algumas maneiras de resolver essa situação.

  1. O primeiro passo é entrar em contato diretamente com a agência onde foi originada a dívida. Tente uma negociação com a Caixa Econômica Federal. Ou seja, você terá que pagar o valor principal acrescido de juros. Dessa forma, o seu gerente pode tentar eliminar de vez a pendência.
  2. Se você já pagou para alguma assessoria de cobrança, como a Omni Soluções Financeiras, é um pouco diferente. Neste caso, você precisa solicitar a eles uma carta de quitação de contrato. Depois disso, vá diretamente na agência de origem com seus documentos pessoais e a carta e siga as orientações do seu gerente. Normalmente, o procedimento deve passar pela análise da Superintendência da Caixa.

Considerações finais

Infelizmente, se você não conseguir através dessas possibilidades, só poderá resolver através de uma ação judicial. As instituições financeiras têm a liberdade de conceder crédito ou não. Entretanto, de acordo com o código de defesa do consumidor, as instituições financeiras devem esclarecer o motivo de uma recusa de crédito ao consumidor. O direito à informação ainda é mais amplo. Ou seja, o consumidor tem o direito de conhecer os seus cadastros e saber o porquê de não ter obtido crédito.

Gostou da notícia?

Então nos siga em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Acompanhe nossos artigos sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, financiamentos, empréstimos e tudo relacionado ao mundo das fintechs.

Sobre o autor Ver todos os posts

EDUARDO MENDES

Sou um entusiasta da tecnologia, que também aprecia inovação, empreendedorismo, além de Fintechs e as suas facilidades.
Graduado em Administração de Empresas pela Universidade Federal do Rio Grande do Sul e fundador dos sites Optclean Tecnologia, Conexão Estudante e Seu Crédito Digital.

Comentários no Facebook