Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

As chances de morte por Covid-19 foram 4 vezes maiores no Brasil do que no resto do mundo em 2020

Brasil é apontado como um dos piores países na condução da pandemia de covid-19.

0

Desde o início da pandemia até o fim de 2020, o Brasil já registrava quase 195 mil mortes por covid-19. Entretanto, em 2021, esse número não só diminuiu, como escalonou: atualmente, essa quantidade já passa de 225 mil. Com isso, o Brasil se tornou um dos países mais mortíferos da pandemia em todo o mundo. Na prática, uma pessoa no Brasil teve 4 vezes mais chances de ter morrido de covid-19 em 2020 do que no resto do mundo.

É provável que você também goste:

C6 Bank/Datafolha: 4 milhões abandonam escola na pandemia

Furar fila da vacinação pode ser considerado crime com até 10 anos de prisão

Usar duas máscaras aumenta proteção contra COVID-19 em até 91%

O economista Marcos Hecksher, pesquisador do Ipea (Instituto de Pesquisa Econômica Aplicada), é o responsável pelo estudo. Assim, 169 países de um total de 178 (ou seja, 95%) possuem uma taxa menor do que a do Brasil em mortes por covid-19. As informações foram veiculadas pela BBC Brasil.

Em número absoluto de mortes, Brasil ocupa segunda posição

Há meses, o Brasil ocupa o segundo lugar do mundo em número absoluto de mortes por covid-19. O país fica atrás apenas dos Estados Unidos, que hoje contabilizam mais de 443 mil óbitos. No entanto, quando a comparação leva em conta o número de mortes por 100 mil habitantes, diversos países europeus, como Bélgica, Reino Unido, Espanha e Itália, passaram à frente do Brasil ainda em 2020. Isso porque eles têm um número proporcionalmente alto de mortes pelo novo coronavírus em relação ao tamanho de sua população.

Assim, segundo pesquisa mais recente da Universidade Johns Hopkins, o país com mais mortes por 100 mil habitantes seria o Reino Unido. Em seguida, viriam República Tcheca e Itália. Nessa lista, o Brasil aparece em 12° lugar. Contudo, é importante lembrar que a Europa também têm uma população com maior porcentagem de idosos do que a brasileira. Ou seja, essas pessoas estão muito mais suscetível a adoecer gravemente quando infectadas. 

Brasil é o pior país do mundo na gestão da pandemia, diz estudo

Por fim, outro dado importante é que o Brasil, hoje, ocupa o posto de pior país do mundo no combate à pandemia de covid-19. O estudo foi divulgado nesta quinta-feira (28) pelo Instituto Lowy, na Austrália. Assim, o instituto analisou o desempenho de 98 nações, a partir de seis diferentes critérios, como casos confirmados, mortes e capacidade de detecção da doença.

Com isso, o Brasil ficou na última colocação, com 4.3 pontos de um total possível de 100. A Nova Zelândia, que aparece no ranking como o país que melhor enfrenta a pandemia, somou 94.4 pontos. Na lista dos piores, o Brasil aparece atrás de México, Colômbia, Irã e Estados Unidos.

Enfim, o que achou da matéria sobre Covid-19?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais através do FacebookTwitter e Instagram. Assim você fica por dentro de tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo das fintechs.

Imagem: Tomas Ragina / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...