Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Crise da pandemia faz busca por crédito aumentar 13,7% em fevereiro

Segundo a Serasa, quem mais procurou crédito foi quem tem rendimentos de até R$ 500 por mês.

0

De acordo com a Serasa Experian, houve um aumento de 13,7% na busca por crédito em relação ao fevereiro de 2020. O Indicador de Demanda do Consumidor por Crédito da Serasa ainda revelou que quem mais procurou crédito foi o público que tem rendimentos de até R$ 500 por mês.

Você pode gostar também

Como a retração do PIB influencia no nosso dia a dia?

Caixa Tem: Inscritos no Bolsa Família também precisam atualizar os dados?

Cuidado: golpe do 30º aniversário da Amazon no WhatsApp promete presentes grátis

Busca por crédito cresceu mais no Nordeste e no Norte do Brasil

Todas as regiões brasileiras procuraram mais crédito do que no ano passado. Contudo, o Nordeste lidera o crescimento, com um aumento de 25,7% em relação ao mesmo mês do ano passado. A região Norte teve um aumento 16,2%, seguido por um aumento de 13,6% da região Sudeste, 7,8% a mais de procura na região Centro-Oeste e 3,3% na região Sul.

Além disso, apenas nas regiões Norte e Sul houve desaceleração nos pedidos de crédito; afinal, em janeiro as taxas de crescimento tinham sido de 17,4% e 3,7%, respectivamente.

Crise da pandemia alavancou busca por crédito

Infelizmente essa busca por crédito não está ligada ao aumento do poder de consumo, mas sim aos impactos financeiros da restrição da economia durante a pandemia, em especial ao agravamento nesses últimos meses. Outro fator que fez as pessoas de renda mais baixa procurarem por crédito foi o fim do auxílio emergencial e a alta do desemprego.

De acordo com Luiz Rabi, economista da Serasa Experian, “é importante entender que, neste momento, o crescimento da demanda por crédito não está diretamente relacionado ao poder de compra, mas sim com a necessidade de quitar compromissos financeiros prioritários e a tentativa de recuperação do consumo, por consequência da perda de renda”.

Por fim, Rabi acredita que o brasileiro de renda baixa está lutando durante a pandemia para manter-se com o nome limpo. “Para honrar suas dívidas junto ao credor muitas pessoas optaram por encontrar uma fonte de crédito mais barata para conseguir eliminar dívidas mais caras”.

Enfim, o que achou da matéria?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTube, Facebook, Twitter, Instagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Doucefleur / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...