Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Receita Federal divulgou hoje as regras para a declaração do Imposto de Renda 2021

Receita também vai divulgar as funcionalidades do programa de declaração do IR.

0

A Receita Federal anunciou nesta quarta-feira (24), às 15 horas, as regras para a entrega da declaração do IR 2021, ou seja, o Imposto de Renda Pessoa Física. Além disso, a Receita também divulgou as funcionalidades do programa da declaração de IR neste ano.

No ano passado, por causa da pandemia do novo coronavírus, o prazo de entrega do documento, a quantidade e as datas dos lotes de restituição foram alterados. Entretanto, caso seja mantido o padrão dos últimos anos, o documento deverá ser enviado entre 1º de março e 30 de abril de 2021. Em 2020, o prazo foi ampliado para 30 de junho. Para saber mais, continue lendo.

É provável que você também goste:

Até quando está valendo o rendimento de 210% do CDI no PicPay?

Crédito Direto Caixa libera empréstimos de R$ 300 a R$ 50 mil

Caixa Tem vai liberar empréstimo para quem ganha Bolsa Família?

Receita Federal divulga regras para a declaração do Imposto de Renda 2021

Outra novidade da declaração é em relação ao pagamento dos lotes de restituição. Dessa forma, até 2019, a liberação era feita a partir do dia 15 de junho, segundo a sequência do dia 15 de cada mês até dezembro. Além disso, o número de lotes caiu de sete para cinco. Em 2020, o calendário da restituição do IR ficou assim:

  • 1º lote: 29 de maio
  • 2º lote: 30 de junho
  • 3º lote: 31 de julho
  • 4º lote: 31 de agosto
  • 5º lote: 30 de setembro

Para 2021, como explicamos, a Receita Federal deve divulgar hoje as datas. Em breve, mais atualizações.

Procure enviar a declaração do Imposto de Renda o quanto antes

Importante dizer que, quanto mais cedo o contribuinte enviar a declaração, mais chance ele tem de receber a restituição nos primeiros lotes. Hoje, por lei, o primeiro lote deve atender prioritariamente idosos a partir de 60 anos, pessoas com deficiência e professores.

Além disso, no ano passado, a Receita também criou o serviço de pré-preenchimento da declaração, mas apenas para quem tinha certificado digital. Com isso, o documento era gerado de forma automática pelo programa com base nos dados que a Receita tem sobre o contribuinte.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...