O prazo para declarar o Imposto de Renda 2020 termina em 11 dias. Até o início da semana, quase metade dos contribuintes ainda não havia entregado sua declaração. O mais comum, entretanto, é que as declarações sejam feitas realmente em maior número perto do fim do prazo. Segundo os dados mais recentes divulgados pela Receita Federal, foram recebidas, até agora, 20,35 milhões de declarações, de um total de 32 milhões de declarações esperadas.

O restante da população que ainda não entregou a declaração do Imposto de Renda 2020 tem como data limite o dia 30 de junho. A entrega, que deveria ter sido feita até o dia 30 de abril, teve seu prazo final estendido devido à pandemia. Assim, quem ainda não fez a declaração do Imposto deve fazê-la até o fim do prazo, uma vez que não devem ser feitas novas prorrogações da data-limite.

Além de deixar você em dia com a Receita, declarar o Imposto de Renda pode influenciar em outro fator: as chances de conseguir crédito aprovado no mercado. Dessa forma, confira a seguir como declarar seu Imposto de Renda pode te ajudar a conseguir crédito.

É provável que você também goste:

Banrisul lança linha de crédito voltada a taxistas e empresas de transporte escolar

Senado aprova suspensão das parcelas do empréstimo consignado

Cartão de crédito do Banco Inter agora vai dar cashback em fatura paga em dia.

Por que declarar o Imposto de Renda 2020 ajuda a conseguir crédito?

Antes de falar sobre as vantagens de declarar o Imposto de Renda, é importante lembrar que o imposto pode ser utilizado como comprovante de renda em bancos e instituições financeiras. Por isso, caso você seja um trabalhador informal, essa também é uma ótima forma de comprovar sua renda, inclusive na busca por aprovação de crédito.

Além disso, declarar o Imposto de Renda ajuda muito na busca por crédito. Isso porque, quando as instituições consultam o site da Receita Federal e consta que seu CPF entregou a declaração, isso já é um ponto positivo. Ou seja, o ato de declarar o Imposto de Renda é bem-visto pelas instituições financeiras, pois mostra que você ganha mais de R$ 27 mil reais ao ano ou que possui bens e rendimentos que justifiquem declarar o Imposto de Renda.

E, como sabemos, a estabilidade financeira é um dos pontos mais importantes na análise de crédito. Nesse caso, quem declara possui, teoricamente, um valor considerável de renda, ou bens que possam ser utilizados como garantia de pagamento. Além disso, é muito negativo quando você diz ganhar uma certa quantia, que justificasse a declaração, mas o banco descobre que você não declarou. Isso representa ou que você sonegou impostos, ou que você não recebe aquela renda que informou. E isso pode prejudicar muito na aprovação do crédito. Por isso, não deixe de declarar o Imposto de Renda 2020.

Baixe o programa para fazer a declaração

Por fim, para declarar o Imposto de Renda 2020, o primeiro passo é instalar o programa de preenchimento da declaração do IR 2020 no seu computador. Para baixar o programa, clique aqui. Caso precise de outra versão, que não seja para Windows, é possível encontrar no mesmo link, no site da Receita Federal.

Lembrando que, caso você já tenha o programa instalado no seu computador, usado no ano passado, não adianta tentar atualizá-lo, pois ele se refere à declaração de 2019. Para fazer a declaração da maneira correta, é preciso instalar o novo programa, específico para 2020.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: rafapress / Shutterstock.com