A Demanda por Crédito do Consumidor recuou 6,2% em maio na comparação com abril, já descontadas as influências sazonais, de acordo com dados nacionais da Boa Vista. No acumulado do ano o indicador caiu 15,9% contra o mesmo período do ano passado. Já no acumulado em 12 meses, o indicador passou de vez para o campo negativo e registrou queda de 5,7%. O gráfico abaixo apresenta mais detalhes.

grafico Boa Vista

É provável que você também goste:

Mais da metade das MPMEs tiveram impacto acima de 40% no fluxo de caixa após a pandemia

Governo estuda pagamento escalonado do auxílio emergencial de R$ 500, R$ 400 e R$ 300

Banco Central anuncia medidas para facilitar empréstimo de capital de giro para empresas menores

Considerando os segmentos que compõem o indicador, o Financeiro também passou para o campo negativo e apresentou retração de 1% em 12 meses, enquanto o segmento Não Financeiro registrou queda de 8,9% mantida a base de comparação.

O resultado de maio confirma o fim da trajetória de estabilidade do ritmo de crescimento que a demanda por crédito vinha apresentando até o início do ano, refletindo uma consistente piora na avaliação sobre o movimento da atividade econômica no cenário atual.

O desempenho do indicador foi influenciado pelos dois segmentos, com destaque para a terceira queda mensal consecutiva do setor Financeiro, que antes costumava apresentar sólidas taxas de crescimento. Ademais, com as adversidades provocadas pela pandemia do novo coronavírus, espera-se uma piora nas perspectivas sobre o consumo e o mercado de trabalho nos próximos meses. Esses dois fatores sem dúvida podem continuar afetando negativamente a demanda por crédito nesse período.

Segue abaixo a tabela contendo o resumo dos dados apresentados.

tabela Boa Vista

Metodologia envolveu consultas de CPF à base de dados da Boa Vista

O indicador de Demanda do Consumidor por Crédito é elaborado a partir da quantidade de consultas de CPF à base de dados da Boa Vista por empresas. As séries têm como ano base a média de 2011 = 100 e passam por ajuste sazonal para avaliação da variação mensal. A partir de janeiro de 2014, houve atualização dos fatores sazonais e reelaboração das séries dessazonalizadas. Sendo assim, foi utilizado o filtro sazonal X-12 ARIMA, disponibilizado pelo US Census Bureau.

A série histórica do indicador está disponível em nesse link.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: vladwel, via Shutterstock.

Sobre o Autor

Seu Crédito Digital

Site especializado em bancos digitais, fintechs, cartões de crédito, empréstimos e crédito em geral. Incentivamos o uso do crédito de forma consciente.

Ver todos os artigos