Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Empréstimos imobiliários registram alta de 254% no 1º semestre de 2021

A expectativa da Credihome é que o mercado imobiliário do Brasil cresça entre 40% e 50% em 2021.

0
De acordo uma estimativa do Boletim Focus, a taxa básica de juros, a Selic, pode chegar a 6,75% ao ano. Atualmente, a taxa se encontra em 4,25% e teve três altas no início do ano, quando beirava os 2%. O movimento de alta afeta também as taxas de empréstimos imobiliários e, assim, faz com que os consumidores acelerem as suas compras. Isso foi o que ocorreu, por exemplo, no caso da Credihome, que registrou um aumento surpreendente no número de contratos neste 1º semestre. Confira a seguir.

Empréstimos imobiliários registram alta de 254% no 1º semestre de 2021

De acordo com os dados da Credihome, uma plataforma de crédito imobiliário, no 1º semestre de 2021 o número de contratos de empréstimos imobiliários saltou 254%. Esse aumento representa 4.013 contratos a mais do que no mesmo período de 2020. Em valores, os contratos somam R$ 1,5 bilhão, valor esse acima dos R$ 1,2 bilhão liberados durante todo o ano de 2020 pela fintech

Apenas no mês de junho, a Credihome fechou 848 novos empréstimos imobiliários. Esses contratos somam R$ 314 milhões – o maior volume mensal desde a criação da Credihome, em 2018. Os juros dos empréstimos imobiliários giram em torno de 7% ao ano, diferente de 2016, quando estavam em 11%.

De acordo com Bruno Gama, presidente da Credihome, “isso fez com que o sonho da casa própria coubesse no orçamento de muitas famílias, derrubando a prestação do financiamento pela metade”. Além disso, Gama, afirma que “esse cenário de juros baixos ainda se mantém”.

Segundo Gama, o que sustenta os empréstimos imobiliários com juros ainda baixos é a competição bancária. O presidente avalia que o financiamento se tornou um produto estratégico para os bancos, principalmente pelo fato de reter clientes a longo prazo.

Por fim, a expectativa da Credihome é que o mercado imobiliário do Brasil cresça entre 40% e 50% em 2021. E na fintech, a estimativa é chegar ao final deste ano com R$ 3 bilhões em empréstimos imobiliários concedidos.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Seja membro

Imagem: Stock-Asso / Shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.