Circula atualmente na internet o boato de que o governo mudou novamente as regras do INSS em relação às aposentadorias. Sendo assim, todos os beneficiários deveriam ir até o INSS para fazer a prova de vida até o dia 28/02/2020. Será que isso é verdade?

É provável que você também goste:

Governo notifica birôs de crédito por dificultar saída do Cadastro Positivo.

Rebel oferece empréstimo com dinheiro na conta em 24h e em até 24x pra pagar

Definido o reajuste de 2020 dos novos valores de benefícios do INSS, confira

A prova de vida, caso você não conheça, é quando um beneficiário do INSS precisa atestar que está vivo para continuar recebendo a aposentadoria ou pensão. Para isso, é necessário apenas fazer um recadastramento de senha no banco no qual você recebe o benefício. Isso é necessário, principalmente, para evitar fraudes, como quando a pessoa morre e algum parente indevidamente segue recebendo o benefício do falecido.

Conforme o boato que circula na internet, o governo teria alterado as regras para a prova de vida. Dessa forma, agora seria necessário que o beneficiário vá a uma agência do INSS para fazer a prova de vida até o dia 28/02/2020. Uma das mensagens que circula com esse boato é essa que reproduziremos a seguir:

“Pessoal, avisando os amigos para procurar saber … que estão aposentados ou que tem parentes que recebem pelo INSS. O governo mudou a regra e não é mais no mês de aniversário que tem de fazer a prova de vida. Atentar para o prazo. *Agora é até 28 de fevereiro.* Os bancos nem o INSS estão avisando. Quem souber de alguém que recebe aposentadoria INSS avisar para não perder o benefício.”

O Governo vai mudar as regras do INSS para prova de vida?

A resposta é NÃO. Essa notícia nada mais é do que uma notícia distorcida de 2018 que voltou a se espalhar pela internet. No entanto, diferentemente da maioria dos boatos que a gente denuncia aqui no site, esse não foi criado com a intenção de aplicar golpes. Desse vez, trata-se de um mal-entendido, que explicaremos melhor a seguir.

Em 2018, o governo Michel Temer decidiu ampliar o prazo relativo ao ano de 2017 para os beneficiários fazerem a prova de vida. Ou seja, isso não era uma “mudança nas regras”, mas apenas uma nova chance para quem havia perdido o prazo. Além disso, ao contrário do que a mensagem diz, o procedimento de prova de vida deve ser feito no banco no qual o beneficiário possui conta, não numa agência do INSS.

Quanto ao prazo atual para fazer a prova de vida, ele não é determinado com base na data de aniversário, mas sim varia conforme o banco do beneficiário. Alguns bancos aceitam a prova de vida desde o início do ano, enquanto outros aceitam a partir de um determinado período.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: stevepb, via Pixabay.