Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

O total investido por pessoas físicas no Brasil cresceu 13,4% em 2020

Apesar do rendimento de apenas 1,4% ao ano, a poupança segue sendo o investimento preferido dos brasileiros.

0

O total de investimentos feitos por pessoas físicas no Brasil cresceu 13,4%, subindo para R$ 3,701 trilhões em dezembro de 2020. Além disso, o chamado “pequeno investidor” passou a diversificar sua carteira. Assim, fundos de renda fixa perderam espaço, crescendo a participação de ações e CDBs. Entretanto, com o Auxílio Emergencial, a poupança garantiu liderança entre as opções de investimento, mesmo rendendo 1,4% ao ano (abaixo dos 2% da Selic).

Assim, impulsionada pelo pagamento do auxílio emergencial nas contas digitais da Caixa Econômica Federal, a caderneta de poupança passou a ocupar uma fatia ainda maior na carteira dos clientes dos segmentos de varejo tradicional. E aí é justamente onde estão os pequenos investimentos. Para saber mais sobre o assunto, continue a leitura.

É provável que você também goste:

Capitais criaram auxílios emergenciais próprios [Saiba se você tem direito]

Será que o 13° salário do INSS vai ser liberado em fevereiro?

BIP: conheça o novo benefício que deve substituir o Auxílio Emergencial

Percentual de investimentos na poupança também aumentou. Saiba mais

No caso da poupança, o percentual de valor de investimentos aumentou de 40% do total de investimentos, em 2019, para 42,9%, em 2020. Ou seja, a cada R$ 100 em aplicações financeiras, R$ 42,3 estão na poupança. Os presidente do Fórum de Distribuição da Associação Brasileira das Entidades dos Mercados Financeiro e de Capitais (Anbima) divulgou os dados na última quinta-feira (4).

Outra informação é que o segmento de varejo tradicional teve o volume em poupança com alta de 22,8% em 2020, atingindo R$ 810 bilhões. Já no varejo de alta renda, que inclui investimentos com valores entre R$ 100 mil e R$ 1 milhão aplicados, o volume em poupança cresceu 15,5%, chegando a R$ 142,4 bilhões em dezembro.

Sem Auxílio Emergencial, tendência pode mudar

No entanto, a perspectiva é que, sem o Auxílio Emergencial, talvez a poupança não consiga manter esses níveis de crescimento. Isso porque o total investido no país cresceu 13,4%, indo de R$ 3,263 trilhões em dezembro de 2019 para R$ 3,701 trilhões em dezembro de 2020. Porém, não se sabe se essa tendência vai continuar em um momento pós-pandemia.

Por fim, o certificado de depósito bancário, o CDB, também ganhou espaço no varejo nos últimos meses, provavelmente refletindo a saída de fundos de renda fixa para ativos de liquidez diária. Assim, a fatia em CDB passou de 10% em 2019 para 13,6% de participação em 2020.

Enfim, quer ficar por dentro das novidades?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais através do FacebookTwitterInstagram. Assim você fica por dentro de tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo das fintechs.

Imagem: lovelyday12 / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...