Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

IR 2024: 80% dos contribuintes que já entregaram a declaração têm direito à restituição

De acordo com a Receita Federal, quase a totalidade das declarações entregues até agora terão restituição. Confira!

Na última sexta-feira (15), teve início o prazo para envio da declaração do Imposto de Renda Pessoa Física (IRPF). Dessa forma, até às 16h de domingo (17), a Receita Federal já havia recebido 2,24 milhões de declarações, o que representa 5,23% dos 43 milhões de documentos que o Fisco espera receber neste ano.

Assim, o prazo para envio da declaração segue até as 23h59min59s do dia 31 de maio. De acordo com os dados divulgados pela Receita Federal, quase a totalidade das declarações entregues até agora (aproximadamente 88%) terão restituição. 

Já uma parcela menor, em torno de 6,7% dos contribuintes, terá que pagar o Imposto de Renda, enquanto 5,3% não possuem imposto a pagar nem receber.

Recorde de entregas do IR

Em relação à modalidade de preenchimento da declaração, a maioria dos contribuintes preferiu o programa de computador (72,8%). No entanto, 16,6% optaram pelo preenchimento online, que fica salvo na nuvem da Receita. E por fim, 10,7% dos contribuintes fizeram a declaração pelo aplicativo Meu Imposto de Renda (disponível para Android e iOS).

Assim, um dos fatores determinantes que impulsionaram o significativo número de entregas foi a antecipação do download do programa de geração da declaração. Anteriormente, a Receita Federal tinha previsão para liberar essa ferramenta apenas na última sexta-feira (15). Contudo, a liberação ocorreu três dias antes, na terça-feira, 12 de abril.

Imagem de um celular deitado sobre cédulas de 100 reais e 50 reais. Na tela do celular, aparece o logotipo da Receita Federal, responsável pela cobrança do Imposto de Renda
Imagem: rafapress / Shutterstock.com

Imposto de Renda 2024

Dessa forma, segundo a Receita Federal, a expectativa é que sejam recebidas, até o fim do prazo, 43 milhões de declarações. Assim, esse número total supera o recorde do ano passado, que contabilizou mais de 41 milhões de documentos entregues. 

Veja também:

Revisão da Vida Toda do INSS: STF retoma julgamento nesta semana; confira o que está em jogo

Por fim, é importante lembrar que o processo do Imposto de Renda de 2024 sofreu algumas modificações. Dessa forma, a mais significativa delas é o novo limite de rendimentos que obriga o envio do documento à Receita Federal. Assim, esse valor, que anteriormente era de R$ 28.559,70, passou para R$ 30.639,90.

Imagem: rafapress / Shutterstock.com