Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Maior expectativa de vida muda cálculo da aposentadoria em 2021

0

O plano de aposentadoria é algo muito importante para os trabalhadores, afinal, todos querem estar a par de seus cálculos de quando poderão receber os direitos após tantos anos trabalhados, não é mesmo?

Depois de mudanças com reforma da previdência é preciso ficar de olho nas atualizações do fator previdenciário.

É provável que você também goste:

Cesta básica está mais cara em todas as capitais do Brasil

Contas de celular poderão ser pagas com Pix

Melhores cartões de crédito para acumular milhas e viajar

O IBGE (Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística) divulgou no último mês a nova tábua de mortalidade para o Brasil. Essa informação é utilizada como base para atualização do valor previdenciário e passou a valer no início de dezembro. Entenda mais sobre esse fator e como ele interfere no cálculo da aposentadoria!

O que é fator previdenciário?

O fator previdenciário é um índice utilizado no cálculo de algumas aposentadorias e foi criado no ano de 1999, no governo do presidente Fernando Henrique Cardoso. Esse fator foi criado com objetivo de que os trabalhadores não se aposentassem muito cedo, ou seja, quanto antes era o pedido, menor o valor da aposentadoria.

O fator previdenciário é utilizado no cálculo da aposentadoria por tempo de contribuição, que era de no mínimo de 35 anos para os homens e 30 para as mulheres. Nesse caso, a idade mínima não era determinada.

O índice é revisado anualmente pelo IBGE e leva em conta a expectativa de vida da população.

Os dados divulgados neste ano apontam o aumento na expectativa de vida da população de 76,3 anos, em 2018, para 76,6 anos para 2019. Para os homens, a expectativa passou de 72,8 para 73,1 e para as mulheres foi de 79,9 para 80,1 anos.

Quais aposentadorias são afetadas pelo fator?

A reforma de previdência mudou um pouco as regras do fator e agora ele é aplicado em dois casos: para quem cumpriu os requisitos de aposentadoria por tempo de contribuição antes da reforma começar a valer, ou seja, em 13 de novembro de 2019 e para quem se aposentar pela regra de transição do pedágio dos 50%.

Por tal regra de transição dos 50%, quem está a dois anos de completar o tempo mínimo de contribuição, aqueles de 35 anos para homens e 30 para mulheres) pode optar pela aposentadoria sem idade mínima, mas com fator previdenciário.

Dessa forma, o trabalhador teria que cumprir um pedágio de 50% sobre o tempo que faltava quando as regras entraram em vigor.

Vale lembrar que o cálculo só atinge quem não se aposentou e quem já conta com seu direito garantido não é atingido com as atualizações.

Como calcular o fator previdenciário?

O fator previdenciário é um cálculo individual feito para cada trabalhador. Sua fórmula matemática foi instituída pela Lei 9.876/99 e são levadas em consideração o tempo de contribuição do trabalhador, a idade e a expectativa de vida do IBGE. A fórmula utilizada é:

F= TC x A / ES x [ 1 + (ID + TC x A) / 100, sendo:

  • TC: o tempo de contribuição;
  • A: alíquota de contribuição;
  • ES: expectativa de vida do IBGE no momento do requerimento da aposentadoria;
  • ID: idade no momento da aposentadoria.

Portanto, para saber o real valor do benefício, se o trabalhador se encaixa nos casos passíveis de fator, é preciso fazer o cálculo para descobrir o quanto será sua aposentadoria.

Dessa forma, quanto menos tempo de contribuição e idade, tende a ser menor o valor pago e quanto maior o tempo de contribuição e idade, mais alto será o fator previdenciário.

Se alguém tem pouca idade ou tempo de contribuição, o fator previdenciário base tende a ser inferior a 1. Se o fator é 1, ele corresponde exatamente ao salário do benefício, sem perdas. Agora se o fator for menor que isso, ele reduz a quantia pois será multiplicado pelo salário.

Vale lembrar que, com a reforma da previdência, a tendência é que o fator previdenciário deixe a ser aplicado com o tempo, afinal, quando todos os trabalhadores estiverem na nova regra, esse cálculo não passa mais a afetar as aposentadorias.

Você já conhecia sobre o fator previdenciário e suas regras? Aproveite que agora você sabe mais sobre o tema e calcule suas possibilidades de aposentadoria. Se planejar e conhecer seu dinheiro é sempre importante!

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Hyejin Kang/shutterstock.com

Comentários
Carregando...