O Banco digital N26 é conhecido como a primeira e maior fintech da Europa, mas está expandindo para outros países, e deve lançar em breve a sua operação aqui no Brasil para competir diretamente com Nubank e Banco Inter. Atualmente com a atuação em 24 países da Europa, a fintech oferece a abertura de conta digital em apenas 5 minutos, e disponibiliza conta grátis, cartão de crédito sem anuidade e até cart~]ao de metal. Saiba mais.

É provável que você também goste:

Fintechs e bancos poderão abrir conta em dólar, com nova lei cambial

Novo App Bolsa Família mostra calendário e extrato do benefício

Governo Bolsonaro quer acabar com o monopólio da Caixa como operador do FGTS.

Maior fintech europeia está prestes a enfrentar Nubank e Banco Inter

Primeiramente, não será nada fácil enfrentar uma grande concorrência entre as fintechs brasileiras em um mercado em plena efervecência, mas que ainda tem espaço para todo mundo. Só de desbancarizados, temos mais de 45 milhões de brasileiros.

Contudo, a concorrência não assusta o N26, pois eles têm conhecimento da dificuldade, e do trabalho árduo que deverá ser feito, diz o diretor geral da incipiente operação do N26 no Brasil, em entrevista por e-mail ao Yahoo! Finanças.

Além disso, a concorrência madura e experiente de fintechs como Nubank, Banco Inter, Neon, entre outros, pode acabar sendo um dos trunfos do banco digital alemão em sua chegada ao Brasil, e não ser considerado simplesmente uma desvantagem.

De acordo com o executivo, um dos motivos que os fizeram escolher o Brasil como seu primeiro destino fora da Europa é o fato de que a população brasileira já está “iniciada” em mobile banking. Por este motivo, tem muitas chances de expansão nos próximos anos. Ademais, outros aspectos podem potencializar o sucesso do N26 no Brasil, como os custos abusivos, a falta de transparência e uma experiência que deixa muito a desejar no sistema bancário tradicional.

N26 – tudo que sabemos

Lá na Europa, o N26 oferece cinco tipos de contas diferentes, que vão desde uma opção gratuita até uma mais sofisticada – N26 Metal, ao custo de € 16,90, oferecendo mais descontos e “experiências exclusivas”.

Aqui no Brasil, a operação do N26 ainda está em fase de planejamento, e a empresa ainda não definiu quais serviços devem ser lançados por aqui. É possível até mesmo que o banco faça alguma parceria com um banco local, mas nada ainda foi definido. A previsão de lançamento também está em segredo. 10 empregados contratados do N26 já trabalham em um escritório de coworking, dividido com outras startups, em São Paulo.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.