Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Maior Pix da história: veja qual foi o maior Pix de 2023!

O maior Pix de 2023 foi de R$ 1,2 bilhão, realizado entre duas instituições financeiras, segundo o Banco Central.

O Pix, sistema de pagamentos instantâneos do Brasil, está em alta no país, com sete em cada dez brasileiros utilizando ou interessados na tecnologia. Em 2023, o sistema registrou um recorde histórico com uma transação individual de R$ 2 bilhões, superando o recorde anterior de R$ 1,2 bilhões.

Essa marca mostra a crescente popularidade e confiança dos brasileiros no Pix como forma de realizar transações financeiras de forma rápida e segura. O aumento do uso do Pix reflete a sua praticidade e conveniência, impulsionando a digitalização dos meios de pagamento no país.

Pix: um sistema de pagamento em rápido crescimento

Celular com o nome PIX na tela inicial, sobre algumas cédulas de dinheiro e moedas
Imagem: Gustavomellossa / Shutterstock.com

Desenvolvido e lançado pelo Banco Central do Brasil em 2020, o Pix permite que os usuários façam pagamentos instantâneos 24 horas por dia, sete dias por semana. Assim, no primeiro ano de operação, a maior transação individual foi de R$ 100 milhões.

O relatório também apontou que o Pix é visto como um meio de pagamento “bastante seguro”, com mecanismos de segurança específicos e exclusivos. O banco central aconselha os usuários a sempre verificar as informações ao efetuar transações, independentemente do valor.

Crescimento notável em vários setores

A pesquisa da Web Automação, uma empresa especializada em tecnologia e vendas, revelou que o total de transações feitas através do Pix ultrapassou R$ 441 milhões nos últimos dois anos. Dessa forma, no setor de varejo, os pagamentos via Pix aumentaram de R$ 14 milhões em 2022 para R$ 68 milhões em 2023, um aumento de cerca de 385%.

Veja também:

Não tenho carteira assinada, devo declarar o Imposto de Renda? Confira

Da mesma forma, o setor de serviços de alimentação viu um aumento semelhante, com as transações Pix subindo de R$ 50 milhões em 2022 para R$ 219 milhões em 2023, um crescimento de 338%. Em vista dessas tendências, é provável que o Pix continue a crescer em popularidade e uso em todos os setores da economia brasileira.

Imagem: Alexandre Tavares Silva / shutterstock.com