Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Maior rival da Shein, Temu se prepara para entrar no Brasil; saiba mais

Conheça a Temu, maior rival da Shein, e saiba mais sobre sua estreia no Brasil. Prepare-se para uma nova experiência de moda online!

A Temu, uma das maiores concorrentes da Shein, está se preparando para sua estreia no Brasil, prometendo oferecer uma ampla variedade de produtos e uma experiência de compra online única. Assim, a Temu é uma empresa de comércio eletrônico sediada na China, conhecida por sua ampla gama de produtos a preços acessíveis.

Assim como a Shein, a Temu ganhou destaque globalmente por oferecer tendências da moda a preços competitivos, conquistando uma base de clientes fiéis em todo o mundo. Dessa forma, a entrada da Temu no mercado brasileiro faz parte de sua estratégia de expansão internacional. Veja mais detalhes!

Temu no Brasil

Portanto, a varejista chinesa Temu, parte do grupo Pinduoduo, acaba de ser aceita no programa Remessa Conforme, do governo brasileiro, que isenta o Imposto de Importação para produtos de até US$ 50. Assim, com a certificação publicada no Diário Oficial da União, a Temu, operando sob o nome Elementary Innovation Pte Ltd, está pronta para iniciar suas operações no Brasil.

Dessa forma, esse movimento é visto como um passo estratégico da Temu para ampliar sua presença global e oferecer aos consumidores brasileiros mais uma opção de plataforma de compras com preços competitivos e isenção tributária em produtos selecionados.

Imagem: Reprodução/Temu

Impacto da varejista no país

Assim, a inserção da Temu no programa do governo brasileiro gerou reações mistas. Por um lado, representa mais opções para o consumidor brasileiro e alinhamento com as tendências globais de e-commerce. 

No entanto, de acordo com representantes da Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp) e do Centro das Indústrias do Estado de São Paulo (Ciesp) a isenção de impostos para empresas estrangeiras como a Temu pode resultar em desvantagens competitivas para as indústrias brasileiras. 

Veja também:

Leilão do Itaú tem 39 imóveis em estados diferentes do Brasil

Dessa forma, eles argumentam que tal medida fomenta uma “importação do desemprego”, enfatizando o impacto negativo sobre a produção nacional em termos de postos de trabalho e renda.

Imagem: Reprodução/Temu