Os quatro maiores bancos brasileiros e de capital aberto perderam 26,962 bilhões de dólares em valor de mercado em agosto. Os cálculos foram feitos pela consultoria Economatica, que avaliou a partir do retorno no período das ações mais líquidas de instituições financeiras com ativos acima de 100 bilhões de dólares.

É provável que você também goste:

4 dicas para organizar as finanças e poupar dinheiro mesmo sem ter conta em banco.

Nubank já conta com 12 milhões de clientes mas segue com prejuízo milionário.

Como aumentar seu score de crédito? 6 dicas para ser aprovado em cartão ou empréstimo.

Maiores bancos brasileiros perderam US$ 27 bilhões em valor de mercado

O Banco Bradesco foi a instituição financeira que mais teve perda nominal, com valor de mercado 8,606 bilhões de dólares menor do que em julho.

Já o Itaú Unibanco foi o banco que teve a segunda maior queda, que passou a valer 8,567 bilhões de dólares a menos. O Banco do Brasil perdeu 5,295 bilhões de dólares e o Santander Brasil registrou uma queda de 4,494 bilhões de dólares. Os papéis utilizados no cálculo da Economatica foram as ações ON do BB, PN do Bradesco e do Itaú e unit do Santander Brasil.

Embora esses bancos tenham tido uma queda significativa, o banco com maior desvalorização foi o Bank of America Corp, que teve queda de 29,507 bilhões de dólares em valor de mercado.

O BB teve a maior queda do retorno porcentual da ação em dólares entre todos os 45 bancos do levantamento feito pela Economatica, com retração de 13,7%. Em seguida, vêm as ações do Bradesco, com redução de 13,1% e em terceiro vem o holandês ING.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.