Atualmente, com muitos novos negócios sendo criados no Brasil, certamente novas oportunidades também estão surgindo. Esse é o caso, por exemplo, das maquininhas de cartão para MEI. Mas ao mesmo tempo em que ter uma maquininha de cartão é uma boa chance de oferecer diferentes formas de pagamento para os clientes, são tantas opções no mercado que, por vezes, as vantagens e desvantagens de cada produto não ficam claras.

Por isso hoje você vai entender tudo sobre as diferentes opções de maquininhas de cartão para MEI e conhecer melhor suas vantagens e desvantagens.

É provável que você também goste:

C6 Bank amplia a oferta e aumenta rentabilidade dos CDBs

Nubank segue liberando limite de R$ 50. Veja o que fazer para aumentar

Quais os melhores bancos digitais para criar uma conta empresarial?

Quais são as melhores maquininhas de cartão para MEI?

Quem é microempreendedor individual (MEI) pode disponibilizar para os clientes pagamentos por meio de cartão de débito ou crédito. E diferentemente de outras empresas maiores, os MEIs têm vantagens e condições diferenciadas.

Com a apresentação do CNPJ e alguns documentos da empresa, é possível ter acesso às condições especiais, e garantir a melhor maquininha de cartão para MEI.

Contudo é preciso lembrar que nem todaos os MEIs precisam de uma maquininha de cartão. Mesmo que alguma empresa entre em contato com você para oferecer esse produto, fique atento às condições, para que faça sentido para o seu negócio.

Considerando isso, se você oferece serviços ou produtos direto ao consumidor final, uma boa maquininha de cartão para MEI pode ser uma excelente opção. Por outro lado, se você não presta serviços ou vendas diretas, talvez ter uma maquininha de cartão não seja a melhor ideia.

O primeiro passo é entender o perfil da sua MEI

Antes de entender tudo sobre as maquininhas de cartão para MEI disponíveis no mercado, é preciso que você tenha algumas informações à mão. Começando pelo faturamento mensal médio da sua empresa. Isso é importante porque as maquininhas de cartão oferecem taxas, aluguel e preço de compra diferentes conforme o faturamento.

Por exemplo, se a MEI fatura R$ 4.000 por mês, não adianta escolher uma maquininha com condições especiais para MEIs que faturam mais de R$ 10.000 mensalmente.

Com estas informações claras, é possível analisar os valores de taxas, aluguel e compra das melhores maquininhas de cartão para MEI.

Entenda quais são as taxas e tarifas cobradas

Como já mencionamos acima, todas as maquininhas de cartão para MEI vão cobrar algum tipo de aluguel ou um valor para compra. E além disso, existem as taxas sob cada pagamento realizado. Estas são chamadas taxas de operação, e é o que garante receita para as empresas que desenvolvem maquininhas.

De maneira geral, as taxas ficam em torno de 3,5% para pagamento no crédito, e 2,5% para débito. Mas é claro que estes valores variam, e muito, por isso é importante pesquisar.

Maquininhas de cartão para MEI com recursos diferenciados

Os recursos de diferentes máquinas de cartão certamente também podem variar. Desde maquininhas menores e mais práticas, sem utilização de papel e confirmação de compra por SMS, até maquininhas com melhor conexão à 4G ou Wifi. Assim, se você trabalha em um local físico com boa estrutura e conexão à internet, não precisa de uma maquininha que tenha como foco a conexão por 4G.

Da mesma forma, se o serviço acontece na casa dos clientes ou na rua, as necessidades serão diferentes. Portanto, entenda quais são as suas necessidades para escolher a melhor opção.

Ainda sobre os recursos das maquininhas de cartão para MEI, existem opções que aceitam todas as bandeiras de cartão, enquanto outras aceitam apenas uma ou duas opções. Então, se você vive em um estado ou região em que alguma bandeira de cartão é mais forte, considere escolher uma maquininha que aceita este tipo de cartão.

O parcelamento das vendas também é algo importante

Um último ponto a considerar antes de conhecer as principais opções de maquininhas disponíveis é o parcelamento das vendas. Algumas maquininhas de cartão para MEI vão oferecer o parcelamento em até 12x. Outras, no entanto, podem aceitar apenas 6 parcelas. Além disso, existem outras maquininhas que não aceitam qualquer parcelamento.

Se os produtos ou serviços que você oferece têm um valor alto, é possível que os clientes queiram fazer parcelamentos. Nesses casos, é interessante escolher uma maquininha que tenha essa operação disponível.

Mas afinal, quais são as melhores maquininhas de cartão para MEI?

Agora que você já entendeu tudo o que precisa considerar na hora de escolher uma maquininha, vamos listar os melhores produtos disponíveis hoje. São diferentes opções, que são indicadas para diferentes MEIs. Portanto, considere todos os aspectos listados acima e escolha a melhor maquininha de cartão para MEI conforme as suas necessidades.

Moderninha Pro 2

Vantagens:

  • Sem taxa de aluguel ou adesão, apenas taxas em compras
  • Bateria de até 12h
  • Imprime recibos
  • Suporta alto número de vendas diárias
  • Aceita cartão-refeição

Desvantagens:

  • É preciso solicitar a transferência de saldo da conta digital para outro banco que não seja o PagBank, o que leva mais de 24h
  • O tamanho é relativamente grande e não pode ser carregada no bolso

SumUp ON

Vantagens:

  • Sem taxa de aluguel ou adesão, apenas taxas em compras;
  • Aceita pagamentos por aproximação (NFC);
  • Bateria de até 6h (volume médio de vendas diárias);
  • Vem com chip para 3G ou Wi-Fi e pacote de dados, então não precisa de celular para funcionar;
  • Tamanho pequeno, pesa 185g.

Desvantagens:

  • Não tem impressão de recibo, este é enviado por SMS;
  • Em caso de restaurante ou loja com alto volume de vendas, pode apresentar problemas.

Minizinha Chip 2

Vantagens:

  • Sem taxa de aluguel ou adesão, apenas taxas em compras;
  • Vem com chip para 3G ou Wi-Fi e pacote de dados, então não precisa de celular para funcionar;
  • Aceita a maioria dos cartões de crédito e débito como as demais máquinas da PagSeguro;
  • Cadastro sem necessidade de conta bancária;
  • Tamanho pequeno e pode ser carregada no bolso.

Desvantagens:

  • É preciso solicitar a transferência de saldo da conta digital para outro banco que não seja o PagBank, o que leva mais de 24h;
  • Suporta um volume baixo de vendas;
  • O aspecto físico é frágil.

C6 Pay

Vantagens:

  • Boas condições para clientes do C6 Bank e para empresas que faturam mais de  R$ 5 mil por mês;
  • Taxas acessíveis;
  • Boa seleção de bandeiras;
  • Suporte 24h;
  • Taxa mais barata do que a das concorrentes no débito.

Desvantagens:

  • Máquina grátis sob condições específicas;
  • Taxa mais cara do que a das concorrentes no crédito;
  • Máquina em regime de comodato.

São diversas opções para você escolher a sua maquininha 

Como você percebeu durante este artigo, nos últimos anos o número de maquininhas de cartão para MEI disponíveis não para de crescer. Aqui, listamos 4 das melhores maquininhas, mas existem diversas outras como AQPago S920, SumUp TOTAL, Point Pro, Stone S920, Izettle Maquinão, SafraPay Máquina Sem Bobina 3G, entre outras.

Mas ao ter em mente os critérios e diferenciais da sua empresa, será possível encontrar a maquininha ideal para a sua MEI. Assim, você vai conseguir disponibilizar um serviço ainda melhor para seus clientes, aumentando suas vendas e opções de pagamento.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: smolaw, via Shutterstock.

Sobre o Autor

Jessica Thome

Redatora

Redatora e produtora de conteúdo, apaixonada por conhecer o mundo e uma boa conversa.

Ver todos os artigos