Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Novo lote residual da restituição do IR 2023 será pago nesta quinta-feira (30): saiba mais sobre o valor

A Receita Federal realiza mais um pagamento da restituição do IR nesta quinta-feira (30). Veja quanto será pago aos contribuintes!

A Receita Federal está se preparando para o pagamento do novo lote residual de restituição do Imposto de Renda 2023 (IR), que acontece nesta quinta-feira (30). A grande novidade é que o valor será acrescido de uma correção de 6,25%, o que representa a maior taxa aplicada em comparação com os cinco lotes já pagos neste ano.

Essa correção acontece pela taxa básica de juros, a Selic, atualmente em 12,75% ao ano. A correção do valor a ser restituído aos contribuintes ocorre todo mês, com base na Selic, desde o mês seguinte ao fim do prazo de entrega da declaração até o mês anterior ao pagamento.

Quem receberá a restituição do IR neste lote residual?

No centro de notas de 100 e 200 reais, celular com logo da Receita representando a restituição do IR.
Imagem: Alison Nunes Calazans / shutterstock.com

A restituição do IR é destinada aos contribuintes que caíram na malha fina por pendências com a Receita Federal, mas conseguiram regularizar sua situação junto ao órgão. A Receita divide os recursos para o pagamento das restituições em lotes bancários.

Nesta quinta (30), haverá a distribuição de um crédito bancário de aproximadamente R$ 762.906.928,68 entre 358.737 contribuintes. A maior parte desse montante, cerca de R$ 524.811.239,34 da restituição do IR, irá para o público prioritário:

  • 5.774 idosos acima de 80 anos;
  • 58.060 idosos entre 60 e 79 anos;
  • 6.654 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave;
  • 14.863 contribuintes cuja maior fonte de renda seja o magistério;
  • 129.019 que optaram pela declaração pré-preenchida ou por receber a restituição via Pix.

E se você não receber a restituição?

A Receita Federal realiza os depósitos na conta corrente que o contribuinte indicou no ato da declaração, mas é possível que os contribuintes não recebam os valores por algum erro. Porém, em caso de dados bancários incorretos, a restituição do IR fica sob responsabilidade do Banco do Brasil. Dessa forma, os contribuintes poderão resgatar o saldo em até um ano.

Veja também:

Banco Inter libera novo cartão físico para mais clientes; conheça a novidade

Para o recebimento dos valores, esses contribuintes precisarão atualizar seus dados bancários no site do Banco do Brasil ou entrar em contato via telefone. Por fim, após um ano, a restituição do IR retorna para a Receita Federal. Nesse caso, o contribuinte precisará solicitar diretamente no site do governo federal o pagamento da restituição.

Imagem: Alison Nunes Calazans / shutterstock.com