Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Nubank teve perda de 1,2 milhão de usuários ativos em março, segundo o BofA

O Nubank enfrentou uma queda de 1,2 milhão de usuários ativos em março, de acordo com o Bank of America. Saiba masi!

Recentemente, resultados de uma pesquisa realizada pelo Bank of America (BofA), apoiada por dados da Sensor Tower, apontam uma redução significativa na base de usuários ativos do Nubank no Brasil. Em março, a fintech observou uma diminuição de 1,2 milhão de usuários.

Trata-se, portanto, da maior redução mensal na sua história, segundo a pesquisa. Saiba mais informações sobre o levantamento na sequência!

Nubank perdeu recorde de clientes em março

Celular com aplicativo do Nubank aberto e cartão roxinho sobre uma mesa
Imagem: rafapress / shutterstock.com

No mesmo período em que o Nubank enfrentava essa queda, concorrentes como PicPay e PagSeguro mostraram números em ascensão. Com isso, há uma reflexão crítica sobre as estratégias empregadas e sobre como os consumidores estão reagindo às inovações no mercado de fintechs.

O Nubank, apesar da queda, ainda foi líder em downloads de aplicativos no mês, atingindo um total de 3,717 milhões. Esse dado sugere que, embora haja uma perda de usuários ativos, a procura pela plataforma continua alta.

Fundada no Brasil em 2013, o Nubank é uma empresa de tecnologia financeira, também conhecida como fintech. Ela se tornou conhecida por oferecer serviços bancários sem a necessidade de agências físicas, operando principalmente por meio de um aplicativo para dispositivos móveis.

Banco implementa novidades

O Nubank tem implementado mudanças na maneira como gerencia o dinheiro dos clientes. Alterações importantes foram realizadas nas funções “Dinheiro guardado”, agora chamado “Para o futuro”, e “Disponível a qualquer momento”, renomeado para “Separado do meu saldo”.

Essas mudanças, no entanto, trouxeram confusões e algumas críticas dos usuários nas redes sociais, direcionadas principalmente à falta de informação clara sobre os rendimentos atualizados.

Veja também:

Países se unem para criar visto comum e facilitar viagens; entenda a iniciativa

A empresa esclareceu que os novos nomes das funções não alteram os custos, impostos ou rendimentos das modalidades escolhidas, tentando assim tranquilizar seus clientes. Esta situação destaca um desafio comum no setor de tecnologia financeira: a necessidade de equilibrar inovação com uma comunicação eficaz que alinhe as expectativas dos usuários às novidades implementadas.

Imagem: rafapress / shutterstock.com