Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Guedes pode entregar o Orçamento 2022 sem o reajuste do Auxílio Brasil

O aumento do Auxílio Brasil depende da aprovação da PEC dos precatórios

0

O ministro da Economia, Paulo Guedes, tem até o dia 31 de agosto para apresentar o Orçamento 2022. Ele deve encaminhar o documento ao Congresso Nacional, sem o aumento no valor do Bolsa Família, batizado pelo governo Bolsonaro, de Auxílio Brasil. A medida com a meta fiscal rígida tem como meta, tranquilizar o mercado financeiro, que sofre com o aumento sem freios da inflação e da alta nos juros. 

Novo Auxílio Brasil pode ter o mesmo valor do atual Bolsa Família

Guedes pode entregar o Orçamento 2022 sem o reajuste do Auxílio Brasil

Em suma, o texto do Orçamento 2022 é visto como uma das peças chave para as eleições do próximo ano. De acordo com informações preliminares do jornal O GLOBO, o projeto deve respeitar o teto de gastos, bem como restringir as despesas livres. Tudo isso, mesmo após as investidas eleitoreiras do presidente do Brasil, Jair Bolsonaro. 

Seja membro

Além disso, o secretário de Tesouro e Orçamento, Bruno Funchal, reforçou a ideia em uma conversa com o GLOBO. De acordo com Funchal, no momento, o compromisso com a responsabilidade fiscal é “irrestrito”. “Toda a equipe do Ministério da Economia está alinhada em torno do compromisso irrestrito com a responsabilidade fiscal e com o respeito ao arcabouço de regras do país que permitem manter as contas públicas organizadas”, diz Funchal.

Por fim, é importante destacar que o reajuste do Auxílio Brasil depende da Proposta de Emenda à Constituição (PEC) dos precatórios. Em suma, a PEC cita o parcelamento de dívidas judiciais da União. Entretanto, para isso ocorrer, 2/3 do Congresso precisa aprovar a medida. Por conta disso, o governo pode encontrar problemas para aumentar o valor do benefício no Orçamento 2022.

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal  do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: RHJPhtotoandilustration / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.