Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

650 mil pessoas devem devolver o dinheiro do Auxílio Emergencial 2021

0

Durante a semana, o Ministério da Cidadania começou a mandar mensagens de texto pelo celular, ou seja, via SMS. O objetivo é fazer a cobrança de devolução do dinheiro do Auxílio Emergencial 2021. Em suma, que está recebendo o aviso, recebeu o benefício de forma indevida. Dessa forma, a mensagem do Ministério da Cidadania busca orientar os cidadãos que precisam fazer a devolução dos recursos. 

650 mil pessoas devem devolver o dinheiro do Auxílio Emergencial 2021

Além de informar quem precisa devolver o dinheiro do Auxílio, o SMS visa indicar a necessidade do pagamento do DARF. Através do Documento de Arrecadação de Receitas Federais, as pessoas podem fazer a devolução do Auxílio Emergencial. Dessa forma, o DARF é o único meio pelo qual as pessoas podem conseguir devolver o dinheiro do Auxílio. 

De acordo com as informações do Governo Federal, até o fim desta semana, cerca de 650 mil pessoas receberam o SMS para devolver o dinheiro do auxílio. Em suma, esse número é grande, e representa um alto valor em dinheiro que deve voltar para os cofres da União nos próximos dias. 

Segundo as informações do Ministério da Cidadania, os trabalhadores que receberam a notificação, se cadastraram pelos meios digitais. Em suma, as pessoas que declararam o Imposto de Renda acima de R$ 22.846,76 em 2020, precisam devolver o dinheiro do Auxílio. 

As mensagens que o Ministério da Cidadania enviou, possuem o registro do CPF do beneficiário, assim como um link que tem o domínio oficial do Governo: gov.br. Além disso, o Governo envia a mensagem pelo número 28041 ou 28042. Ou seja, qualquer SMS enviado de um número diferente deste, desconsidere, pois pode se tratar de um golpe. 

Para quem precisa devolver o dinheiro do Auxílio, a mensagem enviada pelo Governo é semelhante a essa:

“O CPF ***.123.456.*** recebeu o Auxílio Emergencial indevidamente. Devolva voluntariamente o auxílio em https://devolucaoauxilioemergencial.cidadania.gov.br/devolucao ou denuncie a fraude em gov.br/falabrae”.

Ou ainda, o usuário deve receber a mensagem abaixo: 

“O CPF ***.123.456.*** possui um DARF do Imposto de Renda em aberto relativo ao Auxílio Emergencial. Pague o valor ou denuncie a fraude. Acesse gov.br/dirpf21ae”.

Seja membro

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: CRIS CAVALHEIRO/shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.