Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Prepare-se: conta de luz fica mais cara em julho

A bandeira tarifária da conta de luz será amarela em julho, com acréscimo de R$ 1,88 a cada 100 kWh consumidos. Saiba mais!

Prepare-se para um aumento na conta de luz em julho! A Agência Nacional de Energia Elétrica (Aneel) definiu que a bandeira tarifária será amarela, o que significa um acréscimo de R$ 1,88 a cada 100 kWh consumidos. As razões para essa mudança incluem um período de estiagem junto com um inverno de temperaturas mais elevadas que a média.

Dessa forma, esse acréscimo marca o fim de um longo período de 26 meses onde as contas de luz se mantiveram sem cobranças adicionais, isto é, em bandeira verde. Assim, estimula-se que os consumidores adotem hábitos de consumo mais conscientes para evitar aumentos significativos na fatura final de energia elétrica, contribuindo também para a sustentabilidade ambiental.

Bandeira amarela na conta de luz

Implantado em 2015, o sistema de bandeiras tarifárias tem o objetivo de refletir os custos variáveis da produção de energia elétrica e possui três níveis: verde, amarelo e vermelho. Cada bandeira indica o custo atual de geração, sendo que a verde não implica em acréscimos enquanto as outras duas adicionam valores à tarifa conforme o aumento dos custos.

De acordo com a Aneel, a aplicação da bandeira amarela foi motivada pela previsão de chuvas em quantidade inferior à média até o final do ano, cerca de 50% menos do esperado. 

Veja também:

Governo Federal prorroga prazo de recebimento de Pix de R$ 5.100; saiba como solicitar!

Além disso, espera-se um crescimento no consumo e na carga de energia elétrica durante este período. Tais fatores justificam uma produção energética mais dependente das usinas termelétricas, que possuem um custo maior em comparação às hidrelétricas.

Mão segurando uma lâmpada. Abaixo, em uma superfície, uma conta de energia, outros papéis, uma calculadora e moedas, representando o pagamento da conta de luz
Imagem: Daniel Krason / shutterstock.com

Tarifa Social de Energia Elétrica

A Tarifa Social de Energia Elétrica (TSEE) é um benefício do Governo Federal que oferece desconto na conta de luz para famílias de baixa renda. Assim, para ter direito a esse benefício, a família deve atender a pelo menos um dos seguintes requisitos:

  • Estar inscrita no Cadastro Único para Programas Sociais do Governo Federal (CadÚnico) com renda familiar mensal per capita igual ou inferior a meio salário mínimo nacional (R$ 706);
  • Ter um membro da família portador de doença ou patologia que exija o uso contínuo de aparelhos elétricos para tratamento médico;
  • Renda familiar mensal per capita inferior a três salários mínimos para famílias com portador de doença ou patologia.

Imagem: Daniel Krason / shutterstock.com