Crédito mais fácil? Mais benefícios? Confira minhas previsões sobre cartão de crédito em 2021 no Brasil

0
PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Em 2020, a pandemia do novo coronavírus ocasionou uma mudança significativa nos gastos dos consumidores com o isolamento social do Brasil. Como todos já sabem, o turismo foi um dos primeiros setores a sentir o forte impacto econômico da pandemia da Covid-19. Com isso, muitos emissores de cartões de crédito passaram a oferecer recompensas sobre os gastos diários aos cartões de viagens e cada vez mais cashback. Aqui neste artigo, confira algumas previsões sobre o uso do cartão de crédito em 2021 no Brasil.

É provável que você também goste:

PUBLICIDADES

Chinesa realme divulga preços oficiais no Brasil e descontos exclusivos

PUBLICIDADES

Itaucard Click Visa Platinum é sem anuidade e leva apenas 5 minutos para pedir

Previsões sobre o uso do cartão de crédito em 2021 no Brasil

Muito provavelmente, o uso do cartão de crédito com viagens vai aumentar ao longo de 2021. Estima-se que o setor do turismo volte a crescer. Entretanto, parece provável que o cartão de crédito que oferece cashback veio realmente para ficar, como o Méliuz, o Mooba, C6 Bank e Banco Inter.

De acordo com a Confederação Nacional do Comércio de Bens, Serviços e Turismo (CNC), o número de brasileiros com dívidas voltou a subir em dezembro de 2020. A Pesquisa de Endividamento e Inadimplência do Consumidor (Peic) de dezembro apontou que 66,3% dos consumidores estão endividados. Isso corresponde a uma alta de 0,3 ponto percentual com relação a novembro. No comparativo anual, o indicador registrou aumento de 0,7 ponto percentual.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Mesmo assim, a proporção de brasileiros que utilizam o cartão de crédito voltou a crescer, alcançando 79,4% das famílias. Esta é a maior taxa desde janeiro de 2020, e mantém-se como a principal modalidade de endividamento. Além do cartão de crédito, o cheque especial também aumentou a sua participação entre as famílias endividadas.

Gastos diários

No início da pandemia, muitos emissores de cartões de crédito focaram as suas ações em gastos com alimentos, entrega e entrega de comida para viagem, serviços de streaming, melhorias na casa e outras categorias de gastos diários por necessidade. Em 2021 e nos próximos anos, acredito que eles farão isso por opção.

Um exemplo disso, é o Nubank, que ofereceu vários benefícios durante a pandemia, como apagar compras de supermercado com pontos do Nubank Rewards. Outro exemplo, foi o C6 Bank, que passou a permitir pagamento do iFood e Spotify.

Todas essas possibilidades parecem estar sendo bem recebidas pelos consumidores. Seja sobre ganhar recompensas de bônus para esses tipos de gastos, resgatar pontos ou milhas em uma proporção maior do que o normal para compensar compras relacionadas, receber assinaturas premium gratuitas, ou receber cashback. O dinheiro de volta cada vez tem se disseminado mais entre os consumidores brasileiros.

Demanda reprimida + pontos e milhas + recuperação das viagens

O setor de viagens e turismo foram severamente prejudicados pela pandemia, e deixou mais relevantes os incentivos mencionados logo acima, que passaram a ser mais importantes que as milhas.

Sinceramente, espero que as viagens se recuperem tão logo que tenhamos uma ampla disponibilidade de vacinas. Tudo indica que poderemos ter uma melhora no final do primeiro semestre, de acordo com especialistas em saúde.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Na minha opinião, isso deve impactar fortemente na demanda por viagens reprimida. As pessoas precisam e querem ver as suas famílias e amigos, e desejam explorar destinos diferentes e muitos terão dinheiro (e pontos e milhas) para gastar após um ano de bloqueios.

Espero que os bons negócios durem um pouco, porque é um setor competitivo e as viagens de negócios devem permanecer reduzidas por mais tempo do que as viagens de lazer. As companhias aéreas vão querer lotar os seus aviões, e os hotéis vão querer encher os quartos e as linhas de cruzeiro estarão desesperadas por negócios.

Portanto, provavelmente teremos bons preços, juntamente com outros incentivos para liquidar recompensas e inscrever-se para cartões de crédito de viagens.

Aprovação de crédito mais facilitada

Em 2020, os credores tiveram que tomar cautela ao liberar crédito, diante da incerteza e a perda de empregos da população. Isso foi percebido pelos nossos leitores e seguidores do Seu Crédito Digital.

Um exemplo disso, é uma maior liberação de limites que aconteceram nos últimos meses. Provavelmente, veremos a chegada de novos players, e que vão oferecer isenção de anuidade com cashback, para quem tem renda de baixa a média, ou cartões de crédito para acumular milhas e viajar com mais vantagens.

Considerações finais

Embora que todos nós estejamos ansiosos para que nossas vidas voltem ao normal, é muito importante acumular menos dívidas no cartão de crédito, tentando manter isso logo após o fim da pandemia.

PUBLICIDADES
PUBLICIDADES

Teremos a partir de agora, aprovações mais facilitadas no cartão de crédito, a chegada de novos cartões de cashback, e uma grande concorrência entre os players do mercado financeiro, como bancos tradicionais e digitais e as fintechs. A chegada da fintech alemã N26 é um exemplo disso.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então é só seguir o Seu Crédito Digital no YouTubeFacebookTwitterInstagram e Twitch. Assim você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos etc. Siga a gente para saber mais!

Imagem: Krakenimages.com/shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar