Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Qual deve ser o valor do teto dos benefícios do INSS em 2024?

Previsão do valor do teto dos benefícios do INSS em 2024. Fique por dentro das possíveis mudanças e ajustes previdenciários.

Como é de costume no início de cada ano, aposentados e pensionistas aguardam o ajuste dos valores dos seus benefícios previdenciários. Este reajuste, essencial para manter o poder de compra dessa população, é determinado com base na inflação do período anterior. Em 2025, os beneficiários do Instituto Nacional do Seguro Social (INSS) podem esperar novidades nos valores que receberão.

De acordo com projeções realizadas pela Genial Investimentos, o salário mínimo pode alcançar R$ 1.508,66 em 2025. Esse valor sugere um ajuste real, posicionando-se acima da inflação. Em contrapartida, o governo projeta um valor um pouco menor, de R$ 1.502 para o mesmo período. Tais projeções são essenciais para as entidades e os próprios aposentados planejarem suas finanças.

Como são calculados os reajustes das aposentadorias?

  • O INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), que reflete a variação de custo de vida para famílias que ganham de 1 a 5 salários mínimos, é utilizado como base para o cálculo.
  • Para quem ganha acima do mínimo, o reajuste é calculado exclusivamente pela inflação do ano anterior.
  • O crescimento do PIB de dois anos anteriores também é adicionado ao cálculo para quem recebe apenas o salário mínimo.
Celular com logo do INSS
Imagem: rafastockbr / shutterstock.com

O que acontecerá com os benefícios em diferentes faixas de renda?

Assim, uma tabela divulgada recentemente detalha os ajustes previstos para cada faixa de benefício do INSS do salário mínimo até o teto. Por exemplo, para aqueles que recebem o salário mínimo, o aumento projetado é de R$ 1.320,00 em 2023 para R$ 1.508,66 em 2025. Semelhantemente, o teto deve subir de R$ 7.786,02 em 2024 para R$ 8.092,54 em 2025.

A insatisfação sobre os reajustes e a proposta no Congresso

Apesar dos incrementos anuais, muitos aposentados e pensionistas expressam descontentamento com a fórmula de reajuste. Assim, especialmente aqueles que recebem valores acima do mínimo mas abaixo das faixas maiores. Um projeto de lei, apoiado por várias entidades sindicais e em discussão no Congresso Nacional, propõe um adicional automático de 5% nos benefícios a cada cinco anos, uma tentativa de compensar as perdas acumuladas devido à inflação e outras variáveis econômicas.

Veja também:

Governo poderá disponibilizar cartão para estudantes comprarem livros; saiba mais

Prestando atenção nesses ajustes e propostas legislativas, aposentados e pensionistas podem melhorar seus planejamentos financeiros e assegurar que seus direitos se mantenham alinhados ao custo de vida atual. Dessa forma, com informações precisas e atualizadas, é possível se preparar adequadamente para as mudanças que virão nos próximos anos.

Imagem: rafastockbr / Shutterstock.com