Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Receita Federal informa que já recebeu mais de 338 mil declarações do Imposto de Renda 2024

Mais de 338 mil declarações so Importo de Renda já foram enviadas para a Receita Federal nesta sexta-feira (15). Saiba mais!

A temporada de envio das declarações do Imposto de Renda 2024 já começou. Assim, na manhã desta sexta-feira (15), a Receita Federal informou que já registrou o recebimento de mais de 338 mil documentos.

Ademais, o Fisco revelou também que, dos contribuintes que já enviaram suas declarações, 43,8% optaram pelo uso da versão pré-preenchida. Continue a leitura para mais informações!

Contribuintes já começaram a enviar declarações do Imposto de Renda para a Receita Federal

Celular com a tela exibindo app Meu Imposto de Renda, da Receita Federal. O aparelho está em cima de diversas notas de reais.
Imagem: rafapress / shutterstock.com

A versão pré-preenchida do documento é uma facilidade disponibilizada pela Receita Federal que preenche automaticamente várias informações do contribuinte, tornando o processo mais rápido e simples.

Assim, esta opção tem sido bastante popular, com quase metade dos contribuintes optando por utilizá-la até agora. Quanto ao modo de envio, o programa da Receita Federal foi a opção de 82% dos contribuintes, enquanto 12% optaram por enviar a documentação pela nuvem e os restantes 6% utilizaram a funcionalidade móvel.

A maioria (56,8%) escolheu a versão simplificada da declaração. Dos documentos já processados, 89,33% resultaram em direito à restituição, enquanto 5,58% resultaram em imposto devido. Vale lembrar que o envio das declarações para a Receita Federal deve ocorrer até o dia 31 de maio.

Saiba mais sobre a entrega do documento

Ademais, entre os estados, São Paulo lidera com 98.684 declarações já enviadas, seguido pelo Rio de Janeiro (29.672), Minas Gerais (29.374), Paraná (17.567) e Bahia (17.209).

Já o limite para rendimentos tributáveis aumentou de R$ 28.559,70 para R$ 30.639,90 neste ano. Para rendimentos isentos e não tributáveis, o teto passou de R$ 40 mil para R$ 200 mil. Essas mudanças farão com que mais brasileiros estejam obrigados a prestar contas ao Leão este ano.

Veja também:

Remédios, conta de luz e planos de saúde sofrerão reajustes nos próximos meses, entenda!

A Receita Federal está esperando que 43 milhões de contribuintes entreguem a declaração do Imposto de Renda esse ano, e os que optarem pela declaração pré-preenchida serão priorizados na hora do pagamento das restituições.

Imagem: rafapress / shutterstock.com