A Receita Federal liberou nesta quarta-feira, dia 8 de janeiro de 2020, a consulta do lote residual de restituição multiexercício do Imposto de Renda Pessoa Física. A estimativa é que aproximadamente R$ 725 milhões sejam pagos para declarações de 2008 a 2019, beneficiando mais de 180 mil contribuintes.

É provável que você também goste:

Procon notifica Magazine Luiza por suposta fraude em oferta de cupons de R$ 1000.

Profissões Emergentes do LinkedIn: as tendências do mercado de trabalho para 2020

Governo quer cruzar dados da Receita Federal para combate a fraudes no Bolsa Família

Receita libera consulta ao lote residual da malha fina, de 2008 a 2019 do IR

O lote residual é liberado para aqueles contribuintes que caíram na malha fina do fisco durante este período, mas que regularizaram a situação. Os beneficiados podem consultar a restituição multiexercício no site da Receita Federal.

O pagamento deve ser depositado no dia 15 de janeiro, para os 185.891 contribuintes que estão enquadrados neste lote. Ainda, de acordo com a Receita Federal, deste total de declarações, apenas 131.571 são referentes ao exercício de 2019, o que equivale a quantia de R$ 518 milhões.

Em 2019, a Receita Federal chegou a informar que mais de 700 mil declarações caíram na malha fina. O principal motivo foi a omissão de rendimentos dos contribuintes.

É importante ressaltar que os valores do novo lote serão corrigidos conforme a taxa Selic. Para 2019, a correção é de 4,77%. Para 2008, de 113,05%. As taxas para os outros anos podem ser consultadas diretamente no site da Receita Federal.

Enfim, gostou da matéria?

Então, siga o nosso canal do YouTube, e nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais, empréstimos e matérias relacionadas ao assunto de fintechs.

Imagem: rafapress via shutterstock.com