Receita paga 1º lote da restituição do Imposto de Renda 2020

0

Nesta sexta-feira (29), a Receita Federal começa a fazer os pagamentos do 1º lote da restituição do Imposto de Renda 2020. O crédito será feito na conta bancária que os contribuintes indicaram durante a declaração.

É provável que você também goste:

Dataprev será obrigada a explicar motivos de recusa do auxílio emergencial

O que acontece se receber o auxílio emergencial por engano?

10 melhores antivírus para você proteger seu celular de golpes

Receita paga 1º lote da restituição do Imposto de Renda 2020

A Receita Federal fará o pagamento do 1º lote da restituição do Imposto de Renda 2020 aos contribuintes nesta sexta-feira, 29 de maio. O calendário foi antecipado em 2020, mesmo que a entrega da declaração do IR ainda esteja em andamento (o prazo passou de 30 de abril para 30 de junho).

Neste 1º lote da restituição estão mais de 900 mil pessoas que têm prioridade legal:

  • 133.171 contribuintes idosos acima de 80 anos;
  • 710.275 contribuintes entre 60 e 79 anos;
  • 57.631 contribuintes com alguma deficiência física ou mental ou moléstia grave.

Motivada sobretudo pela crise da COVID-19, a receita federal antecipou os pagamentos em 2020. Além de mudar a data de início dos pagamentos de junho para maio, serão 5 lotes de pagamento em 2020, e não mais 7 lotes. Dessa forma, as pessoas receberão o dinheiro antes se comparado com anos anteriores.

Datas para os próximos pagamentos já estão confirmadas

Para quem ainda não tem o direito de receber a restituição do Imposto de Renda 2020, é possível acompanhar o calendário de novos pagamentos.

  • 1º lote: 29 de maio 
  • 2º lote: 30 de junho 
  • 3º lote: 31 de julho 
  • 4º lote: 31 de agosto 
  • 5º lote: 30 de setembro

Como verificar se a sua Restituição do Imposto de Renda foi liberada?

O contribuinte pode acessar o site da Receita Federal, informando CPF e data de nascimento. A segunda opção é ligar para o Receitafone pelo número 146. Por fim, é possível checar a informação pelo aplicativo Pessoa Física, selecionando a opção “Consulta Restituição” e informando o CPF. Mas atenção: se você já tem o aplicativo em seu aparelho de celular, é preciso atualizá-lo para a versão mais recente.

O valor depositado fica disponível no banco por um ano. Após este prazo, o resgate do dinheiro só acontece com o preenchimento de Formulário Eletrônico – Pedido de Pagamento de Restituição, ou diretamente no e-CAC, no serviço Extrato do Processamento da DIRPF.

O que fazer se o 1º lote da restituição não for pago?

Contribuintes que têm direito, mas não tenham o dinheiro creditado corretamente, podem entrar em contato com uma agência do Banco do Brasil pessoalmente ou através da sua Central de Atendimento: 4004-0001 (capitais), 0800-729-0001 (demais localidades) e 0800-729-0088 (telefone especial para deficientes auditivos).

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o Facebook, Twitter e Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destacada: Marcelo Ricardo Daros / Shutterstock.com

Comentários
Carregando...

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar Leia Mais