Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Robô da Receita vai informar contribuinte sobre a necessidade de declarar IRPF 2024

A Receita Federal anunciou a criação de um robô para auxiliar os contribuintes com a declaração do Imposto de Renda neste ano. Entenda!

A Receita Federal anunciou recentemente que os contribuintes contarão com um robô chamado Leo, um auxiliar eletrônico, para a declaração do Imposto de Renda (IR) de 2024.

Dessa forma, o mais novo assistente do Fisco entrará em vigor a partir de 15 de março e terá a missão de informar aos contribuintes quem precisa declarar o IR. Continue a leitura para mais informações!

Receita cria robô para auxiliar contribuintes na declaração do IR 2024

Celular com a tela exibindo app Meu Imposto de Renda, da Receita Federal. O aparelho está em cima de diversas notas de reais.
Imagem: rafapress / shutterstock.com

A introdução do robô da Receita Federal é uma das novidades para a declaração deste ano. Além disso, o Fisco promoveu mudanças também na tabela de valores que obriga o contribuinte a prestar contas, elevando o limite de rendimentos tributáveis de quem é obrigado a declarar para R$ 30.639,90. Anteriormente, o limite era de R$ 28.559,70.

O serviço para esclarecer dúvidas sobre o Imposto de Renda estará disponível diretamente no site da Receita Federal. Ao acessar a página, o contribuinte poderá iniciar uma conversa com o chatbot Leo através do ícone do WhatsApp, localizado no canto direito da tela.

De acordo com José Carlos Fonseca, superintendente nacional do IR, o sistema ainda está em fase de ajustes. O lançamento está previsto para o dia 15 de março, data que também marca o início do prazo para a declaração do IR.

Expectativa para 2024

Para este ano, a Receita estima o recebimento de cerca de 43 milhões de declarações do Imposto de Renda. A quantidade é superior ao número registrado no ano passado, quando foram entregues 41,1 milhões de declarações.

Assim, os contribuintes têm até o dia 31 de maio para entregar a declaração. Os atrasados, por sua vez, estão sujeitos a uma multa mínima de R$ 165,74. Logo, ela que pode chegar até 20% do valor do imposto devido no ano.

Quem deve declarar?

Devem declarar o IR aqueles que receberam rendimentos tributáveis acima de R$ 30.639,90, incluindo salário, aposentadoria e pensão do INSS ou de órgãos públicos. Além disso, devem declarar aqueles que possuíram bens ou direitos, incluindo terra nua, cujo valor total seja superior a R$ 800 mil.

Veja também:

Em 2024, número de bares e restaurantes com prejuízo em janeiro registra aumento de 60%

Já para os contribuintes que obtiveram receita bruta na atividade rural em valor superior a R$ 153.199,50 ou que pretendem compensar prejuízos da atividade rural de anos anteriores, a declaração também se faz necessária.

Imagem: rafapress / shutterstock.com