Começou hoje (dia 12/02/2020) o pagamento do Bolsa Família. O calendário de pagamento do Bolsa Família é escalonado, ou seja, nem todos os beneficiários receberão no mesmo dia. Sendo assim, hoje o saque do Bolsa Família estará liberado somente para os beneficiários da primeira leva. Para saber quando você recebe, confira o Número de Identificação Social (NIS) impresso no cartão do Bolsa Família. Se o último dígito for 1, você pode sacar hoje, que é o primeiro dia de pagamento. Caso contrário, você deverá esperar para sacar no segundo dia útil (se for dígito 2), no terceiro dia útil (se for dígito 3) e assim por diante. Neste mês, devido ao feriadão de Carnaval (do dia 22 ao dia 26) os pagamentos serão feitos até 28/02, quando quem tem cartão com último dígito 0 poderá sacar.

É provável que você também goste:

Depois de ano espetacular, Banco digital BS2 amplia patrocínio com o Flamengo.

XP Investimentos acelera lançamento do seu cartão de crédito para seguir os passos do Nubank.

13º do Bolsa Família ameaçado: medida provisória pode perder a validade

É importante destacar que o benefício fica disponível na conta durante três meses. Você pode conferir o calendário de saque do Bolsa Família em 2020 nesse link.

Dados sobre o Bolsa Família

O Bolsa Família beneficia mais de 13 milhões de famílias brasileiras, que recebem um total de R$ 2,5 bilhões do governo federal. Portanto, cada família beneficiada ganha, em média, R$ 190,00 de benefício.

O Bolsa Família ajuda famílias em situação de extrema pobreza, ou seja, cuja a renda seja de até R$ 89 mensais por pessoa. Além disso, as famílias em situação de pobreza, que são aquelas com renda de R$ 89,01 a R$ 178 mensais por pessoa, também têm acesso ao benefício social.

Podem se beneficiar do programa as famílias que, além de atenderem aos requisitos de renda, possuam como parte integrante crianças ou adolescentes de até 17 anos, que estejam estudando (até os 14 anos) e estejam com a carteira de vacinação em dia (crianças até 7 anos). Por fim, também é necessário que a família esteja no Cadastro Único do Governo Federal.

Caso você queira fazer parte do programa, o responsável pela família deve ir a um CRAS (Centro de Referência de Assistência Social) ou a um posto do Bolsa Família em seu município. É preciso levar documentos de identificação pessoal de todos que vivem na residência.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: rafapress, via Shutterstock.