Seegene desenvolve o primeiro teste de variantes da COVID-19 do mundo capaz de identificar origens de variantes do vírus

0
  • SEEGENE LANÇA PRIMEIRO TESTE DE IDENTIFICAÇÃO DE MUTANTES DO VÍRUS DA COVID-19
  • FABRICANTE DE TESTES DA COVID-19 CONTINUA MONITORANDO VARIANTES
  • EMPRESA SUL COREANA COMPROMETIDA EM TRABALHAR COM GOVERNOS

SEUL, Coreia do Sul, 2 de fevereiro de 2021 /PRNewswire/ — A empresa de biotecnologia da Coreia do Sul, Seegene (KQ096530), declarou na segunda-feira que desenvolveu o primeiro teste de diagnóstico para variantes da COVID-19, capaz de fazer a triagem da COVID-19 e identificar múltiplas variações mutantes em uma única reação.

Logo

O novo teste de variantes da Seegene, o “Allplex™ SARS-CoV-2 Variants I Assay”, pode detectar e diferenciar variações do vírus, incluindo aquelas consideradas mais contagiosas e fatais.

O novo teste de variantes não apenas detecta a COVID-19, como também pode identificar importantes variantes genéticas que parecem ter se originado no Reino Unido, na África do Sul e em outras regiões, incluindo o Japão e o Brasil.

Além disso, é capaz de pré-analisar uma nova variante suspeita, oferecendo informações sobre variações adicionais, também uma característica fundamental da tecnologia Seegene.

O novo produto da Seegene integra pelo menos dez de suas tecnologias proprietárias, incluindo o método PCR multiplex em tempo real mTOCE™, uma tecnologia de ponta potencializada exclusivamente pela Seegene. Esta tecnologia inovadora permite ao teste detectar um ponto específico de ocorrência de mutações, permitindo a detecção e diferenciação precisas do coronavírus, bem como suas versões mutantes, com um único tubo de reagente.

Outro recurso-chave que utiliza a tecnologia exclusiva da Seegene é o controle interno endógeno que pode verificar todo o processo de teste, incluindo a correta coleta de amostras. 

Através de seu sistema big data de vigilância automatizada in silico, a empresa está monitorando e analisando de perto o banco de dados mundial sobre a COVID-19 e suas variantes, permitindo que ela responda rapidamente com o desenvolvimento de produtos.

Atualmente, governos e autoridades de saúde em todo o mundo são forçados a confiar no sequenciamento de amostras individuais, o que não é adequado a testes em massa, para filtrar variantes de vírus de casos positivos da COVID-19. Um representante da Seegene declarou que o “novo teste de diagnóstico de variantes da COVID-19 impulsionará significativamente a capacidade de testes em massa em sua luta contra a disseminação global de vírus mutantes quando tempo é fundamental para controlar a pandemia.”

Os diagnósticos atuais dependem do teste PCR ou do teste rápido de antígeno/anticorpos para diagnosticar a infecção da COVID-19 ou a existência de anticorpos. Entretanto, os métodos de diagnóstico atuais têm limitações na triagem de variantes do vírus, refreando uma prevenção epidêmica efetiva. Apenas o método PCR pode monitorar e identificar as variantes, mas realizar esse feito em um único tubo de reagente não era possível antes do novo teste de variantes da Seegene.

De acordo com o representante da empresa, a Seegene planeja “oferecer seus testes de variantes da COVID-19 às organizações globais e governos como prioridade.”

O representante acrescentou que a empresa continuará seu trabalho para “cumprir o dever como uma empresa líder global em diagnósticos moleculares, trabalhando em parceria com autoridades de saúde de todo o mundo.”

 Logotipo – https://mma.prnewswire.com/media/1357790/Seegene_logo_Logo.jpg

 

FONTE Seegene Inc.

- Publicidade -

Comentários
Carregando...