Anatel aprova a compra da Oi Móvel pelas operadoras Vivo, TIM e Claro

1

Trilha tracejada

Na última segunda-feira (31), o conselho diretor da Agência Nacional de Telecomunicações (Anatel), aprovou a compra do serviço de telefonia Oi Móvel. A compra ocorreu pelo consórcio formado pelas operadoras Vivo, TIM e Claro.

1

Os conselheiros seguiram o relator, Emanuel Campelo, que tinha aprovado o negócio, mas colocou alguns condicionantes.

1

O julgamento da compra começou na última sexta-feira (28). Na ocasião, somente o parecer foi lido. O diretor Vicente Aquino pediu mais tempo para analisar o tema e a votação não iniciou.

1

Já na sessão da última segunda-feira (31), Aquino devolveu o processo com alterações de redação e condicionantes adicionais em relação às medidas propostas por Campelo. E assim, o relator e os diretores Carlos Baigorri e Moisés Moreira aceitaram as alterações.

1

Agora, a venda da Oi Móvel passa pela análise do Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade), que tem até o dia 15 de fevereiro para dar o seu veredicto. Vale lembrar que, desde 2016, a Oi está em recuperação judicial.

1

A venda da Oi Móvel renderá R$ 15,8 bilhões, e a venda da InfraCo, empresa de infraestrutura óptica, está avaliada em R$ 10,6 bilhões.

1