Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Bolsa Empreendedor dá R$ 1 mil: veja quem pode receber

0

O Bolsa Empreendedor é um programa da Secretaria de Desenvolvimento Econômico de São Paulo que se direciona aos moradores do estado. Em suma, a iniciativa visa promover a formalização de trabalhadores informais que vivem em situação de vulnerabilidade.

Atualmente, estão disponíveis 130 mil vagas para a participação de cursos de capacitação ofertados pelo Serviço Brasileiro de Apoio às Micro e Pequenas Empresas (Sebrae). Em seguida, é necessário se formalizar como microempreendedor individual (MEI) para ter acesso a diversos direitos previdenciários. Sendo assim, confira abaixo os requisitos para participar do programa.

É provável que você também goste:

Auxílio Brasil terá novos pagamentos em maio. Confira o calendário

É possível ser MEI e receber o Auxílio Brasil?

Auxílio Inclusão: confira se você tem direito ao benefício de R$ 606,00

Bolsa Empreendedor dá R$ 1 mil: veja quem pode receber

Em suma, a Bolsa Empreendedor se trata de uma bolsa-auxílio de R$ 1 mil, que é pago em duas parcelas de R$ 500. De acordo com as regras do Bolsa Empreendedor, quem tiver interesse, deve atender os seguintes critérios de elegibilidade para participar:

  • Morar no estado de São Paulo;
  • Possuir idade mínima de 18 anos;
  • Ser alfabetizado; e
  • Estar desempregado ou ser MEI.

Ademais, quem é MEI também pode se inscrever no programa. Além disso, as pessoas de baixa renda, mulheres, jovens com idade entre 18 e 35 anos, pessoas com deficiência e negros, pardos ou indígenas ganham prioridade na fila do Bolsa Empreendedor.

As inscrições podem ser feitas via internet, no site do Bolsa do Povo SP. Depois de terminar o preenchimento dos dados, e ao ser aceito no programa, a pessoa vai receber uma confirmação via SMS ou e-mail.

Os cursos de capacitação do Bolsa Empreendedor iniciam em junho, e devem ocorrer no módulo EAD. A carga horária será de 10 horas. Por fim, o pagamento da bolsa será por meio do Cartão Bolsa do Povo.

Enfim, quer ficar por dentro de tudo o que acontece no mundo das finanças?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: Krakenimages.com / Shutterstock.com

Este website usa cookies para melhorar sua experiência. Aceitar

Fechar