Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

FGTS para conseguir casa própria: como comprar dois imóveis usando o saldo

Descubra como o FGTS pode ser usado para comprar dois imóveis e realizar o sonho da casa própria. Saiba mais sobre o assunto!

Cada vez mais brasileiros têm conseguido realizar o sonho da casa própria e, atualmente, muitos procuram oportunidades para aquisição de um segundo imóvel. Neste contexto, surge a dúvida: é possível utilizar o saldo do (Fundo de Garantia por Tempo de Serviço) para tal aquisição? Sim, é possível, mas há regras a serem seguidas.

Primeiramente, o FGTS tem como função primordial facilitar a obtenção da casa própria, oferecendo condições mais atrativas na contratação de financiamentos e possibilitando o abatimento do valor devedor. Além disso, pode ser utilizado como garantia de .

Quando falamos em de um segundo imóvel, usar o FGTS pode trazer vantagens, como taxas de juros mais baixas e prazos mais amplos para quitar a dívida. Contudo, é importante que o interessado faça simulações em diversas instituições financeiras para encontrar a oferta mais vantajosa.

Condições para comprar um segundo imóvel

Tela de computador e tela de celular com logo do FGTS
imagem: Antonio Salaverry / shutterstock.com

Ainda que a possibilidade exista, o uso do FGTS para aquisição de um segundo imóvel é regido por regras estabelecidas pelo Sistema de Habitação (SFH), entre elas:

  • O comprador não pode ser titular de outro imóvel na mesma região metropolitana de sua habitação ou ;
  • Não é possível comprar um imóvel no com a cidade onde o comprador reside;
  • Só é permitido o uso do FGTS para a compra de um segundo imóvel se o titular possuir menos de 40% de uma outra propriedade;
  • Se o primeiro imóvel foi adquirido com uso do FGTS, há um prazo de 3 anos para usar novamente o saldo para compra de um novo imóvel.

para compra da casa própria

Ao optar pelo uso do FGTS para a compra de um segundo imóvel, o solicitante deve informar sua intenção à instituição financeira na qual contratará o empréstimo. Uma vez aprovado, o encaminhará o pedido de saque à Econômica Federal (CEF), que depositará o recurso diretamente na conta do .

Veja também:

Últimos dias para conseguir R$ 1.200 na Mastercard; corre para aproveitar

Portanto, para quem planeja comprar um segundo imóvel e dispõe de saldo no FGTS, este pode ser um excelente aliado, desde que se atente às normas do SFH. Nesse sentido, é recomendado que sempre busque orientação especializada para escolher a melhor opção e evitar problemas futuros.

Imagem: Antonio Salaverry / shutterstock.com