Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

MEI: Como manter clientes durante a pandemia de coronavírus?

0

Não está fácil para ninguém: o COVID-19 pegou todos de surpresa e muita gente está desesperada. Apesar de todas as preocupações da sociedade com a saúde pública, e de fato essa deve ser a prioridade, existe outra preocupação pertinente, e que não pode ser esquecida: a preocupação com os impactos econômicos da pandemia. E, nesse sentido, reunimos aqui algumas dicas de como manter sua empresa à frente durante a pandemia de coronavírus e após também. Afinal, apesar desse vírus ser assustador, ele não será para sempre. E então, como estará a sua empresa depois do coronavírus?

É provável que você também goste:

Caixa lança novo vídeo ensinando a fazer o saque do Auxílio Emergencial

C6 Bank anuncia dois novos fundos de investimento em sua plataforma

Casas Bahia doa R$ 500 para MEI. Saiba como participar!

Transformando o pânico e o medo em novas possibilidades

Nas últimas semanas, a pandemia do COVID-19 se tornou algo incontrolável na nossa sociedade. Ainda sem cura ou vacina, o vírus fez empresas fecharem e forçou milhares de pessoas se resguardarem em seus lares. Com isso, a incerteza tomou conta da economia e, muitos consumidores em pânico, correram para os supermercados, deixando as prateleiras vazias.

Mas isso acabou fazendo com que muitas empresas perdessem seus ganhos e ficassem sem ter da onde tirar dinheiro para manter seus funcionários. Afinal, o único jeito de controlar a doença é o isolamento social, e pessoas em casa não compram produtos nas lojas. Afinal, como se adaptar nesta realidade, e como se preparar para o futuro pós-pandemia?.

Apesar das medidas de distanciamento social e auto-isolamento, existem inúmeras maneiras para as empresas manterem seus clientes durante esse período. Mesmo pequenas empresas independentes, com pouca ou nenhuma presença online, podem se adaptar à situação atual e continuar atendendo às necessidades de seus clientes. Aqui estão algumas dicas para sua empresas reter clientes durante o surto de coronavírus.

Como manter clientes durante a pandemia de coronavírus?

1- Comunique-se para manter clientes

Os clientes podem simpatizar com os comerciantes que enfrentam uma crise, desde que você informe isso a eles. Conte através dos seus status e redes sociais se você está fechando suas portas, alterando seu horário ou atendendo atendendo as medidas da OMS para tornar seu estabelecimento e seus funcionários seguros.

Se sua loja estiver fechando, notifique seus clientes. Além das redes sociais, você pode usar listas de e-mail ou seu site. Se sua loja estiver aberta, mostre com vídeos e imagens os procedimentos que você está tomando para reduzir os riscos.

2- Venda online e entregue em casa

Nem todos os comerciantes têm essa opção, mas quem trabalha com produtos geralmente tem. A maioria das marcas que vendem produtos físicos pode mudar para o atendimento on-line da noite para o dia. Um exemplo é a empresa chinesa de cosméticos Lin Qingxuan, que teve que fechar 40% de suas lojas físicas durante o surto em Wuhan, no início do ano.

A empresa de cosméticos foi rápida em envolver seus clientes digitalmente e impulsionar as vendas online, resultando em um aumento de 200% nas vendas em relação ao mesmo período do ano passado. Não tenha medo de vender online, pois é mais fácil do que você imagina, e existem empresas que podem lucrar até mais dessa forma.

3- Venda vouchers para manter clientes

Os vouchers fornecem uma infusão imediata de dinheiro e garantem que um cliente retornará ao seu negócio no futuro. Nos restaurantes, onde as margens já são notoriamente reduzidas, os vouchers podem ajudá-lo a permanecer vivo até que a crise passe.

Por exemplo, a campanha “Ajude um buteco” vende vouchers com até R$ 50 de desconto para que os clientes consumam cerveja quando os bares reabrirem. Dessa forma, o cliente pode ganhar um bom desconto, e os bares são ajudados com dinheiro no momento atual. Além disso, a presença dos clientes estará garantida após o fim da pandemia.

Você pode pensar em algo inspirado nesta ideia para o seu negócio. Se você precisa permanecer fechado agora, então pode oferecer um bom desconto para quando a pandemia passar. Se sua empresa está funcionando, você pode dar um desconto para que os clientes consumam mais e você siga tendo lucros.

4- Faça vídeos falando sobre o seu produto ou serviço para manter clientes

Sua presença online neste momento deve ser intensa. Propague seus serviços e produtos em vídeos, e por que não lives nas redes sociais, para lembrar seus clientes sobre eles, e até mesmo fazê-los desejarem o que você vende. Desde o personal trainer até vendedores de roupas estão se lançando online. Portanto, use as suas redes sociais para oferecer seus serviços remotamente.

Além disso, seja otimista. As pessoas estão sedentas por notícias boas. Então leve alegria para as pessoas, e certamente elas terão o maior prazer em assisti-lo. Há uma grande quantidade de informações negativas obstruindo os feeds das redes sociais. Embora seja essencial manter-se informado, um conteúdo alegre vai manter a saúde mental das pessoas nesse momento.

5- Comercialize suas soluções pensando no coronavírus

Por fim, pergunte a si mesmo se seu produto ou serviço pode ser relevante no meio da crise do coronavírus e adapte seu marketing para refletir isso, especialmente se você estiver introduzindo um serviço alterado pela duração do surto. O marketing aumentado e flexível também é crucial agora, porque muitas pessoas podem se perguntar se sua empresa ainda está operando. Verifique se o seu público-alvo sabe que você está aberto.

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem destaque: Minerva Studio / Shutterstock

Comentários
Carregando...