Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Como funciona a operação de transferência internacional?

Toda transferência internacional tem uma taxa de IOF, que pode variar entre 0,38% e 1,1%, além da taxa de câmbio

0

O processo de enviar ou receber dinheiro de um país para o outro se chama de remessa internacional, ou a transferência internacional. De acordo com o Banco Central (BC), o Brasil registrou um recorde de remessas de dólares em 2020. Em suma, foram enviados US$ 2,407 bilhões de janeiro a setembro. Ou seja, houve um crescimento de 11,6% em relação a 2019. Mas afinal, como funciona esse processo dentro do app do Nubank? Descubra a seguir.

O que é uma transferência internacional?

É possível ganhar uma transferência internacional através de uma transferência. Em suma, existem diversas instituições capacitadas para realizar essa operação online. Inclusive, existem plataformas com especialização em remessas internacionais. 

Além disso, é possível receber dinheiro do exterior por meio de uma ordem de pagamento. Ou seja, a pessoa está no exterior e vai transferir o dinheiro de forma online. Para isso, é necessário procurar uma instituição que realize remessas para o Brasil. Para tanto, geralmente se solicitam os dados pessoais, endereço e informações bancárias de quem vai receber o valor, além do motivo da transferência.

Seja membro

Sendo assim. é possível usar os mesmos meios de transferência internacional para enviar e para receber o dinheiro. Entretanto, dependendo do país de destino da remessa, é necessário ter o código SWIFT, IBAN ou Routing Number, além dos dados pessoais.

Além disso, se você desejar, pode fazer uma transferência internacional fisicamente. Ou seja, ir até uma casa de câmbio, uma agência bancária, ou até mesmo, a uma agência dos Correios – se o país tiver convênio. Há também, bancos que permitem fazer uma transferência via telefone. 

O que é IBAN?

Em suma, para fazer uma transferência dentro do Brasil, você precisa dos dados bancários da pessoa que vai receber o valor. Por outro lado, no caso de uma transferência internacional, o que identifica a conta de destino da transação é o IBAN. Esse termo nada mais é, do que o número de conta bancária internacional. Em 2013, o Banco Central criou um padrão de código IBAN, com 29 caracteres, através da Circular 3.625.

O que é SWIFT?

O SWIFT também é necessário para identificar a conta da pessoa em uma transferência internacional. Ele representa a instituição bancária. Se você não localizar o SWIFT pode usar também o BIC. Para consultar o código, é necessário acessar o site da The SWIFT Codes-Brasil.

E o que é Routing Number?

O Routing Number é um código usado apenas nos Estados Unidos. Ele tem como objetivo identificar as agências bancárias dentro do país. Esse código aparece como ABA Routing Number. Assim, para conferir o código ABA Routing Number, é necessário acessar o site da Associação.

Existe um valor limite de transferência internacional?

Sim. Você pode receber até R$ 10 mil do exterior, em espécie ou de forma digital. De acordo com o Banco Central, acima desse valor é necessário enviar via crédito em conta bancária, transferência ou cheque. Além disso, acima desse valor, o operador pode pedir a sua última declaração do Imposto de Renda. A partir dela, haverá um valor limite, que vai variar de acordo com a sua realidade financeira. 

Quais são as taxas e impostos?

Toda transferência internacional tem uma taxa de Imposto sobre Operação Financeira, o IOF. Ele pode variar entre 0,38% e 1,1%, dependendo da operação. Além dele, a taxa de câmbio é usada para converter o valor da moeda de origem para o país de destino. 

Por fim, dependendo da plataforma online ou da instituição financeira, pode haver a cobrança de outros custos. Tais como a taxa de administração. 

Enfim, gostou da matéria?

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: bluesroad / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.