Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Mais de R$ 3 bilhões em criptomoedas são roubados em ataque hacker

O ataque levou mais de US$ 604 milhões, entre tokens de ethereum, binance coin e tokens de USDC.

0

Na última terça-feira (10), a plataforma blockchain Poly Network revelou que sofreu um ataque hacker. Nesse episódio, os criminosos extraíram mais de US$ 600 milhões de criptomoedas. Dessa forma, esse se configura o maior ataque hacker de todos os tempos na indústria de criptomoedas. 

Mais de R$ 3 bilhões em criptomoedas são roubados em ataque hacker

De acordo com a nota da empresa, “Lamentamos anunciar que a #PolyNetwork foi atacada”. No ataque hacker, os criminosos enviaram milhões de dólares para várias carteiras de criptomoedas. Ao todo, eles realizaram a transferência de 2.858 tokens de ethereum, com o valor máximo de US$ 267 milhões.

Além disso, houve o furto de 6.610 binance coin, que somam mais de US$ 252 milhões. E cerca de US$ 85 milhões em tokens de USDC, da rede Polygon. Dessa forma, ao total, o ataque hacker levou mais de US$ 604 milhões. 

Seja membro

Em suma, logo depois do ataque, a Tether, congelou mais de US$ 33 milhões em tokens USDT, associados ao endereço da carteira do hacker. Além disso, a empresa de segurança SlowMist, também emitiu um comunicado horas depois do ataque hacker. No comunicado, cita que identificou o e-mail, o endereço IP, e as impressões digitais do dispositivo do invasor. Assim, a empresa trabalha no rastreamento de outras pistas da identidade do criminoso. 

“Apelamos aos mineradores do blockchain afetado e exchanges de criptomoedas para bloquear os tokens provenientes dos endereços acima”, afirma a Poly Network. Por fim, o valor de mercado atual de todos os tokens financeiros descentralizados é de US$ 103 bilhões. A indústria ultrapassou uma avaliação de US$ 100 bilhões pela 1ª vez em 2021. Além disso, atingiu um pico de US$ 150 bilhões em maio. Após esse mês, o mercado de criptomoedas passou a despencar. 

Então nos siga no canal do YouTube e em nossas redes sociais, como o Facebook, Twitter, Twitch e Instagram. Assim, você vai acompanhar tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito, empréstimos, fintechs e matérias relacionadas ao mundo das finanças.

Imagem: tunasalmon / shutterstock.com

Comentários do Facebook

- Publicidade -

Deixe uma resposta

Seu endereço de email não será publicado.