Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Alta renda vs baixa renda: quem tem o maior score de crédito?

0

Você já ouviu falar em score de crédito? Score de crédito é uma pontuação usada pelas empresas para verificar qual a chance de um cliente ser inadimplente ou não. Quanto maior o seu score, maiores são as suas chances de pagar as contas em dia e, por isso, você consegue melhores condições de crédito nas instituições financeiras.

É provável que você também goste:

Por que meu Auxílio Emergencial continua em análise? O que fazer?

Atenção beneficiário: saiba como consultar o Auxílio Emergencial na Caixa

Descubra aqui os PRINCIPAIS MOTIVOS que fazem o seu score de crédito diminuir

O score de crédito vai de 0 a 1000 e as instituições entendem que pessoas com pontuação abaixo de 300 tem uma chance maior de serem inadimplentes. Por outro lado, pessoas com score entre 300 e 700 tem um médio risco de não honrarem as dívidas. Por fim, que tem score acima de 700 apresenta um baixo risco de inadimplência.

Ter um bom score tem muitas vantagens: por exemplo, você consegue pegar empréstimos com mais facilidade, financiamentos com condições melhores, mais limite no seu cartão, entre outras. Mas muitas vezes podem surgir dúvidas nos consumidores sobre o que influencia nessa pontuação.

Claro que esse número não é tirado do nada: ele é resultado de uma análise estatística de muitos comportamentos, como o pagamento de contas, o valor delas, se elas são pagas em dia etc. Mas será que a renda tem algo a ver com isso?

Ter um salário maior aumenta o score de crédito?

Muitos podem acreditar que sim, afinal, se uma pessoa tem mais dinheiro, há mais chances de ela conseguir honrar suas dívidas. No entanto, isso não é verdade. O que influencia na pontuação são os hábitos financeiros, e não o quanto a pessoa ganha.

Em outras palavras, se você quer aumentar o seu, o primeiro passo é limpar seu nome, antes de aumentar a sua renda. Organize-se para pagar suas dívidas, negocie, faça suas propostas para que o valor seja justo e você consiga pagar as parcelas.

Outra coisa é atentar para o vencimento dos seus boletos. Atrasar o pagamento influencia negativamente na sua pontuação. Coloque em débito automático e, se não for possível, use aplicativos como o Google Agenda para não esquecer de pagar suas contas antes do vencimento.

Em resumo, ter uma renda baixa não significa ter um score baixo. Apesar disso, um estudo do Serasa feito em 2017 mostra que 27% da população de baixa renda compromete mais da metade do salário com cartões de crédito, empréstimos, financiamentos e cheque especial, o que pode agravar o risco de inadimplência.

O que mais pode aumentar a pontuação?

Atualizar os dados cadastrais com o Serasa pode ser uma vantagem para o seu score, assim como autorizar o Cadastro Positivo. Com ele, os aspectos positivos também são levados em consideração, e não apenas as contas que você deixou de pagar.

O próximo passo é ter suas contas em dia. Se você está inadimplente com alguma empresa, busque fazer um acordo. Muitas vezes você pode conseguir diminuir consideravelmente o valor da dívida e os juros.

Se você tem poucas contas em seu nome e pouca movimentação em seu CPF, o Serasa também não tem como saber dos seus hábitos financeiros. Então se tudo está sob a titularidade da sua família, transfira algumas contas para você se tiver a certeza de que vai conseguir pagar.

Dicas para organizar as finanças

Para evitar que sua pontuação baixe de novo, é preciso rever seus comportamentos em relação ao dinheiro. Diminua suas dívidas, procure parcelar menos e foque em criar uma reserva de emergência.

Poupando um pouco por mês você garante um extra para não ter que pagar juros se por acaso a sua renda diminuir em algum período. Enquanto isso, fazer uma renda extra lhe ajudará a evitar a inadimplência e manter sua pontuação alta; afinal você conseguirá pagar suas contas em dia.

Outra dica é priorizar pagar as dívidas caras. São elas que podem virar uma bola de neve se você ficar um mês sem pagar, a exemplo do cartão de crédito. Então, se a renda diminuiu e é preciso escolher o que pagar, deixe para depois aquelas com juros baixos e pague primeiro as que podem aumentar ao longo do tempo.

Saber qual é o seu score no Serasa é fácil e gratuito. Você pode acessar o site e saber a sua pontuação na hora, informando apenas alguns dados seus. No site, você também verifica se está na média de score de pessoas da mesma faixa etária que você. Pela página, também é possível conferir se alguém está consultando seu CPF sem você saber. O site da Boa Vista também permite consulta à pontuação e ao Cadastro Positivo.

E você, já consultou seu Score? Comente aqui o que tem feito para aumentar a sua pontuação!

Enfim, gostou da matéria?

Então, nos siga no canal do YouTube, em nossas redes sociais como o FacebookTwitter Instagram. Assim acompanhará tudo sobre bancos digitais, cartões de crédito digitais,  empréstimos e matérias relacionadas ao mundo de fintechs.

Imagem: Djordje Petrovic / Pexels

- Publicidade -

Comentários
Carregando...