Seu Crédito Digital
O Seu Crédito Digital é um portal de conteúdo em finanças, com atualizações sobre crédito, cartões de crédito, bancos e fintechs.

Anvisa bane colheres de pau e outros utensílios de madeira na cozinha; entenda o motivo

Em uma decisão histórica que visa garantir a segurança alimentar da população brasileira, a Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa) proibiu o uso de utensílios de madeira, como colheres de pau e tábuas de corte, em cozinhas profissionais. 

Assim, a medida tem como objetivo reduzir o risco de contaminação por bactérias e fungos, que podem proliferar nas ranhuras e poros da madeira, colocando em risco a saúde dos consumidores.

Dessa forma, a utilização de utensílios de madeira em cozinhas profissionais pode levar à contaminação cruzada, que ocorre quando microrganismos de um alimento são transferidos para outro alimento através de um utensílio contaminado. Então, essa contaminação pode causar doenças graves, especialmente em pessoas com sistemas imunológicos enfraquecidos.

Veja também:

Nubank e Shell Box fecham importante parceria; veja as vantagens para os clientes

Uso de utensílios de madeira pode trazer riscos à saúde

De acordo com a Anvisa, os utensílios de madeira apresentam diversas características que os tornam propensos à proliferação de microrganismos:

  • Porosidade: A madeira é um material poroso, o que significa que possui pequenos orifícios que podem abrigar bactérias e fungos. Esses microrganismos podem se alojar nas ranhuras e fissuras da madeira, tornando-a difícil de limpar e desinfetar completamente;
  • Retenção de Umidade: A madeira também é um material que retém umidade, criando um ambiente favorável para o crescimento de microrganismos. A umidade, combinada com o calor da cozinha, pode acelerar a proliferação de bactérias e fungos;
  • Dificuldade de Limpeza: Limpar e desinfetar utensílios de madeira pode ser um desafio. As ranhuras e fissuras da madeira podem dificultar a remoção completa de resíduos de alimentos e microrganismos, mesmo com a lavagem adequada.
Mão segurando celular com logo da Anvisa
Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com

Alternativas seguras

Dessa forma, a Anvisa recomenda a substituição dos utensílios de madeira por alternativas mais seguras e fáceis de limpar, como:

  • Utensílios de aço inoxidável: São duráveis, resistentes à corrosão e fáceis de limpar;
  • Utensílios de silicone: São flexíveis, resistentes ao calor e fáceis de limpar;
  • Utensílios de plástico: São leves, baratos e fáceis de encontrar. No entanto, é importante escolher utensílios de plástico de alta qualidade que sejam resistentes ao calor e não liberem toxinas nos alimentos.

Imagem: Brenda Rocha – Blossom/shutterstock.com